“A Consciência Crística Retornou, Sim. Ela Retornou e se encontra entre todos os Seres Vivos deste Orbe (Planeta Terra)”.


Imprimir

Postado em 28.10.2013.

Por Dilmar Dutra – Biomédium – Escritor Científico e Espiritual.

 

.

Bom dia São José dos Campos – SP – Bom dia Brasil, Bom dia Seres Vivos das 227 Nações do Planeta Terra.

A Consciência Crística afirma que a Consciência Cósmica, está para os Espíritos, assim como, os Espíritos, estão para a Consciência Cósmica (coletiva), distribuídas em graus para cada Espécie da Diversidade Planetária.

Consciências são Essências Pensantes, criadoras e criativas, sem peso, massa e corpo, sem vidas e sem mortes, são pensamentos capazes de digerir informações e se manifestam como condições permanentes, que interagem com todos os sistemas vivos com ou sem cérebros, que estão contidas no ambiente apropriado de um Multiverso contido no Metaverso, onde estão contidos todos os sistemas vivos e não vivos, com suas corporificações impermanentes, compostas e formadas por átomos, moléculas e células, com peso massa e corpo para a vida, e para a não vida. Assim como, as descorporificações decompostas pela morte, seja por fatores intrínsecos ou extrínsecos, como fatos de vida, morte e extinção, elas usam as energias: radiantes e condensantes, como suas matérias primas para criar, recriar agir e reagir.

Corporificações são condições das Existências Cognitivas, Autopoiésicas e cocriadoras, cocriativas com peso, massa e corpo, que são compostas e descompostas, pelos códigos de programação nanônicas sencientes e conscientes, inseridos como programação nos átomos, células e moléculas da vida, com torções biológicas e plasticidades morfogenéticas, bem como, suas diversas memórias usadas para registros, que vão da condição retroalimentar até as condições culturais evolutivas, como autossustentação existencial impermanentes.

A Cadeia Alimentar Impermanente é de presas e predadores como condição da existência, que têm como objetivo transformar e adaptar com programações inorgânicas e orgânicas, para manter uma reciclagem higiênica de composições e decomposições, onde nada se perca tudo se transforme e se adapte, numa renovação constante e perpetuada, nos ambientes inóspitos e favoráveis a vida. Que é neste caso, mantida pela morte.

Na existência o que não pode ser utilizado como alimento, vai para a extinção, da mesma forma, que o fato predatório, também, pode levar a presa para a extinção, ao fugir do equilíbrio ecológico e biológico.

A Condição primeva e Singular é da Essência, sem vida, sem morte, sem peso massa e corpo onde o alimento, também, é holográfico e subjetivo sem peso massa e corpo, ou seja: São as informações.

Espírito não come Espírito, ou seja, Consciência não come consciência. Espírito ou Consciência é exatamente a mesma coisa e se alimentam e nutrem-se de Informações. 

Na essência TODOS SOMOS UM. (Somos uma parte do TODO, AMOR, ou da MATRIZ DIVINA).

O CAMPO DO METAVERSO, também, chamado de MENTE PSIQUÊ ESPÍRITO, ou O TODO, se fragmentou num BIG BANG HOLOGRÁFICO, em forma de partículas subjetivas e holográficas, para interagir com todas as informações adquiridas do “CAMPO DE INFLUÊNCIA” inseridas na matéria por codificações nanônicas, digeri-las e implanta-las nas memórias disponíveis pelas Consciências, que se misturam a tudo na existência, que passou a interagir com a matéria, que mesmo sendo impermanente, pudesse no ciclo da existência, se nutrir de presas e predadores e ao mesmo tempo, alimentar a Consciência, ou seja, alimentar o Espírito, de informações, e se expandir como Consciências e ocupar todos os Espaços, provocados pela expansão e registra-las nas memórias diversas, sempre nos ambientes apropriados com atmosferas e onde o oxigênio potencializa a clareza e transparência da informação via aeróbica, coisa que ocorre também, pela via anaeróbica onde a capacidade cognitiva é reduzida.

Por isso, Consciências ou Espíritos, não são imortais,  por que Consciências e Espíritos não morrem e não nascem e não possuem vida e não vão para a extinção, se não possuem vida, como podem ter vida eterna?

Não possuem corpos, são "CAMPOS", apenas interagem com eles, via ebulição, fermentação, perspiração epiderme e respiração, além de extraí-los também, da luz, da água, da terra oxigenada, assim como, dos elementos periódicos expostos aos gases atmosféricos, por que estão como componentes dos CAMPOS DE INFLUÊNCIA, onde todos os corpos estão contidos, sejam, morfos ou Morfogenéticos, sejam: De vida, ou de não vida.

No “FATO” MORTE, que ocorre nas corporificações como às decomposições da vida, finalizando o “FATO” VIDA. Faz a CONSCIÊNCIA, voltar ao CAMPO ESPIRITUAL e permite que a matéria siga o ciclo de alimento para manter pela MORTE nova formas de VIDA, onde ELA, ou OUTRAS partículas de Consciências, possam interagir novamente com a vida, onde nada se perde tudo se transforma e permite que tudo se adapte, para que a NOVA VIDA, possa, seguir seu ciclo HIGIENICAMENTE DENTRO DO TODO, onde a reciclagem, também é um fato.

A luz transporta os padrões impressos pelo campo mental ou campo espiritual ou campo da consciência. O fóton de luz é o mensageiro do campo eletromagnético. O genoma é um conector ou uma ponte interdimensional entre o campo mental e o corpo físico”.

Que a Paz possa alcançar a todos em prosperidade, com saúde, para que possam alcançar seus objetivos e suas pretensões. Um grande e afetuoso abraço com beijos de luz no seu caminhar.

Dilmar Dutra e Marlene Chaves.