A IMPORTÂNCIA DO SEXO PARA A EVOLUÇÃO DE CONSCIÊNCIA ESPIRITUAL FOI PRIMEVA E É FUNDAMENTAL.


Imprimir

Postado em 08.11.2013.

Por Dilmar Dutra- Biomédium- Escritor Científico e Espiritual. Um facilitador e pacificador a serviço da humanidade.

Fonte Revelação espiritual e humana, consciências espirituais diversas, corporificadas, e descorporificadas.


O tema SEXO em pleno século XXI. Ainda, é tratado como um tabu. É incrível, mas reagimos a esses estímulos de forma inconscientes o tempo todo, sem que tenhamos uma causa, ou melhor, uma noção de sua importância na evolução das espécies de toda diversidade Planetária.

A ignorância das crenças religiosas e dogmáticas produz idéias, de que a prática do sexo pode prejudicar a espécie humana e sua evolução espiritual.

Esquecendo-se, ou melhor, influenciados por ensinamentos e mitos, que muitas vezes, distorcem a verdade e vão omitindo pela catequese e doutrina que sexo é imoral. Esta noção já vem a partir do berço, que não explica que pela vida humana, toda reprodução ocorre dessa maneira e que envolveu seu próprio nascimento, via fecundação por (coito) meiose, entre seus pais biológicos de forma natural e com muito AMOR envolvido.

A Cultura Humana não explica com orientação sexual, que sua constituição corporal é de células e moléculas, desde que veio ao Mundo, fruto de combinações, recombinações, transformações simbióticas e adaptações, como seres mistos e microbianos e de que todos nós, somos proles desses ancestrais comuns, bem como, todas as espécies de vidas da Diversidade Planetária.

O ato sexual é o maior presente que a “Mente Psique Espírito” proporcionou a vida como um todo, como parte integrante da sobrevivência, seja, dessa ou daquela espécie. É por um código Divino de reprodução, caracterizado por dois sistemas de “mitose ou de meiose” – “assexuada ou sexuada” , e tem o mesmo peso, assim entendido pela consciência espiritual: Seja, como meditar; pensar; comer; caminhar; etc.

É um sentido cognitivo de preservação como fato que faz parte da existência como um tesouro de “Deus” que deve ser valorizado e respeitado.

O sexo é primário e vai muito além da saciação e satisfação carnal. É do prazer, que vem dos sentidos codificados nas células, que intuitivamente podemos dizer ser uma atração, que na interação, produz bem estar; prazer que quase sempre, desperta o ELO chamado AMOR.

O prazer de amamentar um filho é um fato. Que está acima de quaisquer religiões, crença, tabu, mitomanias, dogmas e imoralidades humanas.

As tradições orientais são mais realistas nesse tema. Sexo é sagrado no sentido de combinar, recombinar, transformar, adaptar e é totalmente fundamental para preservar a vida e a evolução espiritual. 

A relação é de “Mente Psique Espírito Consciência” essencial com Corporificações Estruturais.

A “Mente Consciente” sadia, sem interações arbitrais fanatizadas e doentias, jamais julga, condena de forma maledicente, e cria bodes expiatórios: Como coisas do demônio, para reprimir ou considerar, que o sexo fosse algo de mau.

A sexualidade foi, é e será, a coisa mais importante, para a evolução espiritual, porque é um código para a existência e para sobrevivência.

Em humanos, ou em outros animais, a atração provoca a vontade que é inserida na célula, como um código corporificado, onde o parceiro exista em confiança, em vibração espontânea, com aceitação e desejo mutuo consorciado, na confiança e entrega, que são condições fundamentais para impulsionarem o Nível de Expansão Espiritual das Consciências em Evolução.

Não dá para separar Espírito e Sexo. Somos Seres Espirituais em Essência e Sexuais em Existência. O Espírito cria suas almas viventes. O Amor Espiritual propicia crença e magia manifestando-os como fatos.

Estudem a Espiritologia em consórcio com a Cristologia, e com certeza. Encontrarão na Espiritualidade, os canais resilientes, para terem uma vida melhor, sadia e equilibrada, com a noção da harmonia, condição que se estende a todos os âmbitos da vida cotidiana com respeito a todas as suas diferenças.

A função da Matriz Divina começa na mitose e evolui para meiose, ou seja, na forma assexuada da mitose, sob divisão binária, que é primária, e da condição sexuada, pela  fecundação, que é um processo secundário chamado de  meiose envolvendo os dois (02) tipos de células procarióticas e eucarióticas.

É um grave erro, reconhecer reducionistamente a célula eucariótica e ignorar a célula procariótica que cresceu, engolfou outras células, digeriu-as e e selecionou algumas células fusionando-as dentro de si e cocriou, pela simbiogênese transformando-se em: “Células Eucarióticas”, e ambas, fazem parte da constituição de todos os seres vivos, humanos e não humanos como espécie animal, assim como, as células são originadas da mesma matriz procariótica para outras espécies, como: cloroplastos (vegetais), e mitocôndrias (animais). “Todos, Somos Um”, pelo Amor e pela “Matriz Divina” e o sexo em suas condições duais: Assexuadas e Sexuadas sempre esteve presente na vida como um todo, de forma sencientes e conscientes.

Um afetuoso abraço e beijos de luz, nos corações e cérebros simbióticos com corpos locais, iluminados pelo Campo Mental Psique Espirito, fragmentado em Consciências para interagir da Essência na Existência onde todos os Corpos estão contidos para uma relação "Mente Psique Espirito" que se fragmentou em consciências espirituais para interagir com todos essas corporificações Planetárias.

Dilmar Dutra e Marlene Chaves.