(HO’OPONOPONO BIOCÉLULAR/MOLÉCULAR).

TODOS NÓS SABEMOS HOJE, QUE A NOSSA CONSTITUIÇÃO CORPORAL É MICROBIANA, OU SEJA, UM COMPÊNDIO ALMÁTICO DE CÉLULAS E MOLÉCULAS, EM CONSTANTE RENOVAÇÃO DIÁRIA, CÉLULAS SIMBIÓTICAS, NASCENDO VIVENDO E MORRENDO. ALMAS COLETIVAS OU EM GRUPO, CRIADAS E DIRIGIDAS POR CÓDIGOS ESPIRITUAIS.


Imprimir

Postado em 05.11.2013 - No Facebook Em São José dos Campos SP.

Neste site em 06.11.2013 Em Carmo de Minas MG.

Por Dilmar Dutra – Biomédium e Escritor Científico e Espiritual, um facilitador a serviço da humanidade.

Autoria: Humanos Corporificados em consórcio com Revelações de Espíritos Descorporificados Diversos.

 

.

Ao darmos inicio a esta matéria, estaremos esclarecendo e facilitando a composição de nossos corpos, que têm como base as psicocelulas eucarióticas, que já são almas viventes híbridas.

A quantidade de almas viventes híbridas (células e moléculas) existentes no corpo humano é enorme.

Somos um consórcio imenso de psicocelulas procarióticas e eucarióticas entrelaçadas emaranhadas e dirigidas, pelos códigos Espirituais, numa interação perfeita da Mente Psique Espírito, com o corpo humano, bem como, em outros corpos de todos os seres não humanos, onde as “Consciências Espirituais”, por graus diversos, para cada espécie, se renovam trazendo informações e registrando-as, nas diversas memórias proteicas; genéticas; etc., como fragmentos da “Mente Psique Espírito”, denominadas de “Consciências Espirituais”, que homeopaticamente, via ebulição, fermentação, perspiração epiderme e respiração pulmonar, que sejam cloroplasticas ou mitocondriais, pelo ar, na água, na terra, na presença ou ausência da luz.

Todos os corpos almáticos (células e moléculas vitais) tem capacidade de transformar energia luminosa em energia química, além da condição autopoiésicas-(de viver e replicar-se, multiplicar-se por divisão binária, ou por meiose. Somos seres mistos, ou almas grupo, ou ainda, coletivas). Somos uma verdadeira quimera evolutiva.

Somos organismos eucariotos que quer dizer: “psicocelulas dentro de psicocelulas”. Ou seja, sistemas vivos, vivem dentro de sistemas vivos.

E o mais interessante é que as psicocelulas eucarióticas, por definição, mantém seu DNA, em um compartimento separado por uma membrana, isto é, o núcleo. Essas psicocelulas eucarióticas têm um citoesqueleto, para suporte e movimento, além de compartimentos intracelulares elaborados para a digestão e a secreção, a capacidade de engolfar outras psicocelulas e um metabolismo que depende da oxidação de moléculas orgânicas pelas mitocôndrias.

As psicocelulas eucarióticas, já apresentam genomas híbridos, herdados da psicocelula procariótica.

O genoma de mitocôndrias e o genoma de cloroplastos são degenerados, isto é, são versões reduzidas do genoma de procariotos.

Por isso, todos somos resultados dessa Matriz Divina, que a herança genética mostra que não somos unidades atômicas separadas e individualizadas no “EU”, pelo AMOR e pela MATRIZ DIVINA, somos uma parte do TODO. Na verdade o “EU” é um pronome que não foi traduzido corretamente para os idiomas diversos. Comentário do Biomédium: O “EU”, na língua que originou o pronome, significa (Espécies Unicelulares), ou seja, Espécies da Diversidade, provenientes das encelularizações em simbiose molecular corporificadas em Unidades Atômicas Bioquimicasmoleculares.

Quando as Consciências Crística (de Cristo) e Cósmicas (Do TODO “DEUS”) que interagem se fizerem compreender a impermanência da existência criada e dirigida, pela Essência Espiritual que insere as codificações programadas para combinar, recombinar e se adaptar em simbiose, poderá compreender que pelas condições biomoleculares “todos somos um” por esta razão e pelo ELO chamado AMOR.

Nada e ninguém podem dar, certeza de nada. Ai sim. Poderemos como FATO o de não dar as costas a possíveis futuros, antes de ter convicção e fé, de que não tem nada a aprender com eles. Não destruam jamais, a confiança no AMOR, ele é a Engrenagem Divina, que faz tudo funcionar.

                                      O Ho’oponopono Biocelular/molecular:

Ame-se, Ame o que for VIDA, Cure-se, recitando gratidão pela sua constituição, sinto muito, perdoem-me, me AMO, te AMO, sou grato, respeito tudo que tem vida, respeito às diferenças. 

Vamos nos ajudar a limpar transmutando memorias e pensamentos constrangedores, atos e ações, reações desequilibradas e PELO AMOR SIMBIÓTICO CELULAR/MOLECULAR e pela luz, para que possamos encontrar na GRATIDÃO e na IGUALDADE MICROBIANA, o caminho da PAZ, pela renovação de nossas células enfermas, por células sadias.

Que nossas células reparadoras (reparem), que nossas células regeneradoras (regenerem), para que estejam disponibilizadas as soluções, para uma VIDA MELHOR. Sei que isso pode ocorrer dentro de mim, de (nós), pela morte Um FATO, celular programado e façam nascer psicocelulas, capazes de fortalecer o AMOR, A GRATIDÃO E O RESPEITO, tão necessários para que o nosso metabolismo possa melhorar.

Acabei de recitar o Ho’oponopono mediúnico Biocelular/molecular, para limpar as memórias na base da VIDA corporificada. Seja humana ou não humana.

Um grande e afetuoso abraço e beijos de luz, nos corações e cérebros simbióticos locais, iluminados pela Mente Psique Espírito, fragmentados em partículas de Consciências não locais.

Quer saber mais? Visite o site de nossa parceria: www.joseeduardomattos.com.br

Dilmar Dutra e Marlene Chaves.