“O AMOR E O ELO ENTRE A VIDA E A MORTE E O ESSENCIAL”


Imprimir



Pelas estradas da vida O Biomédium Dilmar Dutra, relata mais uma comunicação telepática entre Consciências sendo a que transmite descorporificada e a que recepta corporificada, ambas da espécie humana.

Teor:

O inatingível e oculto dos pensamentos, em relação aos ritos acadêmicos perdidos, ao qual, a ciência não consegue mais, do que pequenos indícios da sua importância espiritual, verificada pela historiografia da vida em relação àquele que foi arborizado e não crucificado pelos sacerdotes judaicos, como os relatos canônicos, por ser considerado subversivo.

Ou Jesus de Nazaré o Gnóstico, Cristianizado, autor desta comunicação telepática reveladora através de sua Consciência Eterna descorporificada, vem da singularidade eterna, interagir com a consciência corporificada deste que se identifica via telepatia celular e molecular, com o Biomédium Dilmar Dutra corporificado em vida na transitoriedade da existência, aonde se manifestam as vidas e mortes, que se manifestaram em Alfa e Ômega, pelas diversidades de espécies, oriundas dos procarióticos e nanônicas ciano bactérias ou células e moléculas almáticas, numa combinação, recombinação e adaptações ate que foram manifestadas em oxigênio, causando um holocausto atmosférico com o surgimento da humanidade como uma espécie, que busca o poder, e escraviza religiosamente, politicamente e socialmente, como se fossem os representantes Divinos do “Sistema Deus Pai Criador”.

E pelo autoengodo explorou e explora a FÉ, a partir de céticos ou heréticos exploradores que usam carismaticamente uma doutrinação e catequese recheada de mitomanias e mitologias dogmatizadas, para influenciar com maledicências e falsear a verdade com Dogmas religiosos e canônicos, ou pelo fanatismo pretencioso que subjugam os inocentes que não sabem o que fazem e se tornam conservadores engessados e reducionistas.

Em verdade em verdade os digo cautela e desconfiança com os que fazem de suas palavras com argumentos para julgar, condenar, sentenciar e excluir, separando com discriminações sem o devido respeito a escolha intima e pessoal.

Devem ser observados com desconfiança, pois se identificam facilmente, pois se alimentam: (do medo, das obsessões, dando testemunhos, como se fossem os donos da pseuda verdade, que aprisionam numa ordem, codificação reducionista, seita, ou movimentos conservadores e engessados dando sentenças, na contramão da vida, que busca na adaptação, corrigir o rumo para continuar a existir como parte da unidade, do ecumenismo e da Espiritualização Universalista, incluindo e amando, perdoando e considerando-se também, parte de um TODO DE AMOR E IGUALITARIEDADE.

Tudo na vida é informação e memoria, não há formação sem informação. Cuidado com os sabidos e sabedores. Eles não são sábios! Os sábios não descriminam, separam, excluem! Absolvem! Pregam a igualdade em verdade e espirito, buscam a evolução de consciência ou de espirito, sem maledicências e acusações. Na verdade. Não são obcecados pelas próprias auto- obsessões, sempre engessadas e reducionistas e se alimentam da exploração do medo, do pavor, apesar de falar em AMOR. Que Amor e esse que condena, exclui e separa, como se eles fossem os únicos donos da verdade, atirando pedras naqueles que não comungam com suas ideias de Poder subjugando inocentes em conflitos de fé.

Quem ama cuida, jamais tenta influenciar psiquicamente pelo medo, ou inventando uma fraude, como expulsar espíritos alheios corporificados, espirito é consciência, um fragmento da Grande Mente Psique espírito, que retorna pela morte ao TODO de onde VEIO. Meu projeto de vida quando aqui estive corporificado por células moléculas, fungos e acelulares, com tecidos compostos e relicário (esqueletos), foi o de disciplinar a vida, em adaptações para que elas continuassem a existir.

Sou tão filho do homem, como todos vós! Na verdade... “Somos Todos Um”. Fui e Sou em Consciência, apenas um telepata, ou um médium, com o privilegio de cuidar e orientar com gestão proativa, de um gnóstico cristianizado, ou espiritualizado, trazendo a verdade que liberta, e clama por valores éticos, para que todos os perturbados possam em evolução espiritual ou, de consciência, viver maravilhados, sem esses enigmas dogmatizados, fanatizados e politizados.

Nenhuma conspiração, nenhuma corrupção ficará velada nesta NOVA ERA de LUZ.

A verdade e filha do tempo, ela não tem compromissos com erros ou com manifestações humanas, ela surge pelas informações e memórias e as consciências ou espíritos, precisam apenas fazer as escolhas certas e tomar as decisões como lideres de si mesmo, sem influências e conivências dos poderosos. Nossas condições são intimas e pessoais. Se teus olhos forem bons, tudo a sua volta será luz. Nunca dei procuração para cobrarem (por doações, impostos, dízimos ou dinheiros de quem quer que seja.) – Muito pelo contrario. Eu vim para Libertar, não para ganhar ou salvar. Isto é coisa de ambiciosos humanos pretendentes a ser os representantes de DEUS PAI CRIADOR. Esses não herdarão a Terra.

Jesus de Nazaré, o Gnóstico Cristianizado revela por consciência ao Biomédium Dilmar Dutra para cientificar a humanidade como facilitador divulgando de forma verdadeira pela reflexão: AQUELE QUE JULGA CONHECER TUDO MAS NÃO CONHECE A SUA PRÓPRIA CONSTITUIÇÃO CELULAR E MOLECULAR, está privado e ausente de tudo.

Nossas almas! tem pressa, por que são mortais. AMEM-SE. O AMOR é o elo entre a vida e a morte.

DILMAR DUTRA.