“O ESTADO MENTAL SUBJETIVO, OU HOLOGRÁFICO”.


Imprimir

Postado em 28.07.2013.

Por Dilmar Dutra – Diante de uma “Analise Preliminar”, ao juntar as peças dos textos que relatam estudos sérios consorciados, com pesquisas e experimentos de Cientistas humanos, aliados a mediunidade humana, que sensitivamente, percebe de forma transparente, uma condição acima da chamada intuição, que estabelece diálogos com consciências, ou espíritos que interagem por pensamentos conosco, passamos a compreender que, pensamento, audição, visão, paladar e tato, não se tratam de algo subjetivo, mais em harmonia onde o espírito, ou as consciências, numa interação propiciada, é dependente dos gases atmosféricos, melhoradas a partir de uma proatividade, manifestada e consorciada em condições anaeróbicas e aeróbicas, com a supremacia do oxigênio, condição que precisa ser considerada como real e concreta, pela interação de energias, que independente de sua dualidade em radiâncias e condensancias, ou seja, se transforma da radiâncias, sem peso massa e corpo, numa condição condensante com peso, massa e corpo, condição rotulada de subjetiva ou holográfica, que na verdade é concretizada pela condição condensante, que passa a ter peso, massa e corpo, ao sair da essência para a existência.

.

Estou fazendo esta matéria, para responder aos muitos amigos que se dirigiram a mim, via redes sociais, na esperança de que eu pudesse responder suas perguntas, apesar de não ter todas as respostas, preciso dar uma satisfação, a todos, a quem peço desculpas, por não poder responder a cada um de forma pessoal, face o numero de solicitações, sobre muitos assuntos, numa quantidade que me assustou e eu teria de dedicar todo meu tempo para responder. 

Grato pela confiança depositada.

Vou sintetizar e procurar com esta matéria sob “Análise Preliminar”, falar de forma coloquial, alguma coisa do que sei e acredito.

Espero não decepciona-los.

E é, por esta condição de subjetividade holográfica, ou de mediunidade, que foi colocada na inicial para falar de existência, em relação aos cérebros humanos, que acredito realmente haver uma barreira que impede registros oriundos da não localidade, por que se trata de uma caixa de memória e armazenagem de informações, que as consciências em partículas fragmentadas da “Mente Psique Espírito de Éter”, interagem via ebulição, fermentação, perspiração e respiração, como alimento para registrar informações, com um limite codificado, mais com possibilidades e probabilidades de expansão, diante de uma condição, que tem um início e um fim, ou tempo e espaço, de registros, com peso, massa e corpo, seja, bioquímico ou só químico e físico.

O estado matemático preciso, só ocorre na matéria quântica, e é necessário para medi-lo, que tenhamos como um ponto de partida, e o início de um evento quântico, para começarmos uma contagem e dependendo de sua longevidade, poderíamos observar seu tempo nas condições nanônicas de curto prazo. Ou podemos deixar registros para que outros no futuro registrem o fim de um evento macro cuja longevidade, seja longa e ultrapasse a longevidade de vidas humanas no âmbito da observação.

Ondas são inerentes a um padrão das energias condensantes ou materializadas, observadas pela mecânica quântica, e podem ser vistas pelo não entendimento, como um absurdo quântico, se tentarmos compará-lo, por exemplo, com um estado mental subjetivo, ou seja, tentar medir uma condição holográfica, pelo cérebro humano ou não humano.

Não vão conseguir nunca. A condição de consciências ou de espíritos,  estabelecem uma barreira para o cérebro, porque o mesmo, é quântico e simbiótico.

Já a Mente Psique Espírito, fragmentada em Consciências, sobe formas de partículas, que se misturam aos gases atmosféricos, é o que limitam por estas inteirações os cérebros simbióticos, que nestas condições só podem ter as percepções quânticas.

Alguns cientistas, ou seja, especializados em biologia ou em bioquímica, ou ainda, em neurociência, que integram os sistemas de física de partículas, já perceberam esta barreira que existe nos cérebros simbiontes, por experimentos em cobaia. – Isso é possível, dentro da condição, sem precisar romper, esta chamada barreira, para buscar a cura de doenças quânticas da matéria biológica.

Para vencer a barreira da matéria, é preciso estabelecer uma interpretação taquiônica, da não localidade da Mente Psique Espirito, ou da Consciência Holográfica, ou ainda, Subjetiva, sem peso, massa e corpo, isso porque a função de ondas descrevem apenas, os estados mentais, sem barreiras, como tempo e espaço, início ou fim.

Desta forma! As probabilidades e possibilidades, não podem ser calculadas pelo estado único do éter (eternidade absoluta). – Já no estado quântico, a impermanência se caracteriza por torção e plasticidade, em definições concorrentes, binárias e de polaridades alternativas.

O que é rotulado de estado mental subjetivo deve ser repensado, de maneira simples, a “Mente Psique Espírito Consciência” é não local, mais é campal, e não está em nenhum órgão simbiótico do corpo, apenas interage, com o sistema da Matriz Criadora (Divina), via alimentação, entrando e saindo, comendo e expurgando, inspirando e expirando, saciando e excretando.

A usinagem é microbiana, celular e molecular, e é através de seus excrementos, consorciados, com a produção da flora, mantida por esses excrementos, que alimentam a flora e a fauna diluídas pela molécula mãe chamada de “água”, que propiciam a excretação diante da saciação, alimentação e respiração, consorciadamente são alimentos, mantendo a vida pela morte, e é através do que está relatado e supra citado, que pelo sistema de totalidades integradas, poderá  num futuro próximo, usar a usinagem microbiana, para processar com torção e plasticidade, produzirem fármacos, sem os efeitos colaterais, pela forma natural de sua produção, sem os perigos dos efeitos colaterais, provocados pelos sintéticos alopáticos, e a barreira das doenças  genéticas e bioquímicas, estarão vencidas.

E a noção do Gato de Schroedinger, que está vivo e morto, tido como alguns por absurdo, ou ilusório, poderá ser compreendido como um estado mental, que da não localidade, que percebe os estados, das energias radiantes e condensantes.

A usinagem microbiana, através de seus excrementos, consorciada com a produção da flora e fauna, está como alimento microbiano, fornecido pela tabela periódica, como dieta da vida como um todo, e consequentemente com os humanos.

A possibilidade de revolucionarem as indústrias que produzem fármacos, sem os efeitos colaterais e ao usarem os orgânicos processados pela vida é viável e possível, usando a condição celular molecular bacteriana e microbiana, devido ser deles a criação da torção e a plasticidade necessária, assim como, descobrirem os fixadores de perfumes para a indústria de cosméticos, de forma mais eficientes, sem agredir aos contatos e olfatos, que produzem reações alérgicas.

Pela pratica de meditação e reflexão, posso dizer que os processos Mentais, podem influenciar suas capacidades de alimentarem-se de manifestações placebos, diante de uma expectativa de fé e produzirem efeitos de cura, mesmo que seja psicossomática, pois a dinâmica psíquica. 

É uma das ações e reações da “Mente Psique Espírito”, que são fragmentos em partículas de Consciências e que vão alimentando pelas informações que interagem com as corporificações potencializadas pela FÉ.

As expectativas intimas e pessoais, tem um peso real, sob influências de Consciências ou Espíritos, que diante de uma dieta alimentar harmonizadas com amor por si mesmo, garantem efeitos benéficos, uma dieta em desequilíbrios e desarmonizadas, garantem uma interação com Consciências que Importunam e trazem efeitos maléficos. Sua FÉ e o AMOR por si mesmo com o seu livrearbítrio, fara com que você faça a escolha certa. A receita Cristã é uma só AMAR-SE.

Tenho certeza de que esta matéria atende a todas as respostas esclarecendo tudo, sobre mediunidade, Mente Psique Espírito, Consciência, cérebros, e doenças efeitos placebos, bem como, suas relações com a Mente e a fé.

Mas tudo isso! Não isenta ninguém, de achar que pode resolver tudo assim. O caminho primevo, ao sentir-se mal, deverá ser a busca pelo Médico e pelos recursos disponíveis, que são colocados a nossa disposição. A medicina humana deve ser o primeiro caminho na busca pela cura.

Aonde a medicina humana para. É que começa o caminho da fé Espiritual. 

Esta é a realidade em que vivemos e tudo que gera confiança nos pacientes. Com certeza aumenta as chances de cura e o AMOR por si mesmo pode conduzi-lo ao restabelecimento pretendido.

Um afetuoso abraço e beijos de luz no seu caminhar. Dilmar Dutra e Marlene Chaves.