“RELAÇÃO “MENTE/CORPO”; “ESPÍRITO/MATÉRIA”; OU AINDA, “CONSCIÊNCIA/MEMÓRIA E INFORMAÇÃO”.


Imprimir

POSTADO EM 03/12/2013.

Por Dilmar Dutra – Biomédium – Escritor Científico e Espiritual – Um Facilitador e Pacificador a Serviço da Humanidade.

Fonte: A Consciência de JOSÉ, em comunicação Interativa com a Consciência do Biomédium em questão.

.

RELATOS DE JOSÉ.

Nosso estado Consciente descorporificado, nos dá uma expansão na aquisição grandiosa e imensa de conhecimento, que precisamos em solidariedade doá-los de alguma forma, pelos meios disponíveis ao interagirmos com as frequências abertas que conseguem transpor as barreiras daqui da Essência Taquiônica, para a Existência Quântica.

E esse Portal de aceitação é encontrado pela receptividade da antena Parabólica Simbiótica Celular/Molecular constituída no Corpo Físico que atende pelo nome humano e Civil de “Dilmar Dutra” ou o “Biomédium em Questão”.

Essa relação estreitada intima e pessoal. Não se trata de descriminação ou de favorecimentos. Trata-se apenas do canal mediúnico aberto e receptivo, capaz de compreender, respeitar e aceitar, assim como, retransmitir com fidelidade absoluta, focado Ecumenicamente e Universalistamente.

Agora! Quem necessitar desse contato intima e pessoal, para com quaisquer consciências descorporificadas. Precisa apenas permitir que seu sistema interativo, permaneça NO AR, como num paradigma de compreensão, parecido com os Sistemas Bancários, com apenas uma diferença que nesse caso, não precisaria transpor barreiras da essência para a existência por que todo processo se dá na Existência pela mecânica quântica materialista e necessária completamente compatível com a Essência Taquiônica que a criou. MENTE E MATÉRIA, estarão sempre em perfeita sintonia, ou Espírito e Matéria numa sintonia perfeita. A MENTE PSIQUÊ ESPIRITO CONSCIÊNCIA PENSAMENTO IMAGINAÇÃO, CRIA SUAS ALMAS VIVENTES UNICELULARES E MULTICELULARES DE VIDA SOB CORPORIFICAÇÕES DE UNIDADES ATÔMICAS CONSTITUÍDAS DE UM COMPÊNDIO MICROBIANO.

A Comunicação entre as interações de Consciências não locais e locais, entre os Planos extrafísicos e físicos da não vida com a vida, passa pelo AMOR que está no meio das palavras VIDA E MORTE, escritas juntas assim: vid/AMOR/te como FATOS INVIOLÁVEIS E INEGOCIÁVEIS. Além do RESPEITO, AFINIDADE que podem nos alimentar.

Se não houver essas condições básicas será impossível entrar nos sistema interativo da “REDE CELULAR/MOLECULAR DE VIDA” mesmo que possuam “Chaves” da matriz procariótica.

A Relação do Espírito Eterno, com os Corpos Almáticos Viventes, Transitórios e Mutantes, começa na divisão celular binária e não existe na fecundação codificada espiritualmente, nenhuma relação discriminatória na vida em relação a outros sistemas vivos que não possuem carne que surgiu depois de muitas transformações, combinações, recombinações e simbioses, para se chegar em mais um tecido, chamado CARNE.

O Espirito se alimenta de informações e as registra em TUDO dentro do TODO, por fragmentos desprendidos do TODO, rotulados de “Consciências”, que vão registrando por memórias morfos (inorgânicos) e morfogenéticas (orgânicas), em tudo SEM VIDA ou com VIDA.

O Espírito se nutre de informação que estão inseridos nos prótons (proteínas). Na Carne tem proteína, mas proteína não é CARNE é mais um tecido composto. Vou citar uma Lógia de JESUS: Tudo que foi criado e composto um dia será decomposto. Comentário do Biomédium: prótons não têm vida são partículas elementares codificadas de informações que interagem com todos os sistemas vivos celulares/moleculares.

Na fecundação codificada espiritualmente, seja por mitose (divisão celular binária), seja na meiose pelo coito, a relação espiritual continua com o envolvimento de divisão binária e fusão celular.
Não há envolvimento de CARNE nessa interação espiritual, estabelecida por grau de consciência ou grau de Espírito, que de maneira nenhuma, significa idéias, mas FATOS comprovados cientificamente.


O Espírito fragmentado é desprendido do “TODO” é denominado de Consciência, é de AMOR E PERFEIÇÃO, numa relação com as corporificações humanas, na qualidade almática de presas e predadores, que se alimentam de DOGMAS, SUPERSTIÇÕES, MITOMANIAS, MITOLOGIAS MIRABOLANTES, MIRAGENS EQUIVOCADAS, provocadas egoisticamente, pelos “complexos de superioridades”, em relação as demais espécies das Vidas, contidas na  Diversidade microbiana, sem reconhecer sua própria constituição celular, molecular, microbiana de fungos, vírus, fagos, príons.

Essa fragmentação espiritual é imparcial e neutra de Consciência, jamais incluiria a CARNE, para discriminar e separar-se com exclusivismos. Essa fragmentação só inclui e jamais exclui. Exclusão separação é coisa de humanos alimentados, pelo DOGMAS REDUCIONISTAS E SEPARATISTAS, NA CONTRAMÃO DO ECUMENISMO E DO UNIVERSALISMO.

Todos, somos um. DEUS (Divino Espírito Único Singular) é AMOR. Tenho dito: JOSÉ.

Um abraço de LUZ. Recordando uma das Logias de JESUS: “Se teus olhos forem bons, todo seu corpo será LUZ”.

Namastê Dilmar Dutra e Marlene Chaves.