,

“VOCÊ SABE O QUE SIGNIFICA UM ELEVADOR DOUTRINÁRIO?”


Imprimir



Por Dilmar Dutra Biomédium Espiritualista Cristão. Um facilitador de serviço gratuito para a humanidade.
 
A espiritualidade comunicante, nos orienta no sentido de quando entrarmos num elevador de domínio público, precisamos de paciência e tolerância para com os outros passageiros, que se julgam donos da VERDADE, ou, que são possuidores dela.

Diz a Consciência de JESUS CRISTO que já retornou: A VERDADE é filha do TEMPO e não das Autoridades: Governamentais, Instituições Privadas, Científicas ou Religiosas, assim como, suas Bulas e Regulamentos.
 
Essas coisas precisam ser corrigidas no tempo, as informações coerentes, é que de fato, irá sempre atualizar, as informações ultrapassadas no conservadorismo e engessadas pelos escritos épicos e desatualizados, pela letra humana que mata. 

Que prometem elucubradoras e fanáticas salvações para a humanidade.

O melhor! Que se tem a fazer neste caso é guardar silencio, diante dos doutrinadores embarcados nos elevadores de Domínio Público e saírem rapidamente quando as portas se abrirem.

Já aqueles que permanecerem neste elevador, ouvindo o doutrinador, vão ficar num vai e vem sem fim. 

E não chegará a lugar algum.

Podendo sim. Perder os seus compromissos. Mesmo porque, não existe outro caminho para o elevador em funcionamento, ficará no vai e vem, e o constrangimento, dessa alimentação o aprisionará, enquanto permanecer neste elevador. Diante de querelas, cujo fanatismo é o de tentar convence-los pelo MEDO DA PUNIÇÃO, com a clara intenção de manter o conflito obsessor da conversão, da catequese ou da doutrinação irritante. Sem respeitar as diferenças de escolhas, de livre-arbítrio, isto pode acabar em confronto, com consequências inimagináveis, pois o desconforto de doutrinação, catequese, ou conversão é terrível, na diferença de grau de Consciências, em querelas.

Ninguém muda ninguém, há não ser que o outro queira. Quando nos sentimos mal com esse tipo de assédio religioso ocorrer.

Devemos na primeira parada do elevador, saímos imediatamente dele e para retornarmos.

Deveremos descer pelas escadas, assim. A paz interior interagirá, como um caminho eficiente, humilde, racional a ser seguido.
 
Este é o caminho da PAZ, desemboca sempre no AMOR, POR SI MESMO E PELO PRÓXIMO.

Beijos de luz no seu caminhar. Dilmar Dutra e Marlene Chaves.