“A INFLUÊNCIA INICIAL DA CONVICÇÃO ESPIRITUALISTA DO BIOMÉDIUM DILMAR DUTRA.”


Imprimir 


POSTADO A PEDIDO EM 09,11.2012.

Narrativa resumida e sintetizada do Biomédium Dilmar Dutra, sob seu berço Católico, que evoluiu naturalmente para o Espiritismo eem seguida para a Espiritualidade Universalista Ecumênica e Holística, ao abandonar por decisão intima pessoal, os dogmas, mitomanias e sistemas científicos isolados e reducionistas, bem como, as doutrinas engessadas e petrificadas por Dogmas, mas respeitando como diferenças e escolhas desses Tesouros Textuais Sagrados, por que foi o que todos nós recebemos de berço. Confesso que os estudei muito e por todos esses anos de vida, eu compreendo muito bem, que era, o que nos tínhamos e temos até hoje. Não faço criticas a eles, muito pelo contrário. Se os estudarmos profundamente, veremos uma gama enorme de verdades codificadas e bíblicas, que nos conduzem a complementa-las e adapta-las, diante das revelações espirituais e comprovações científicas, mostrando que estamos engatinhando em termos de aprendizados cognitivos.

Tive como Influência opcional de caráter definitivo em minha vida, buscar a verdade onde ela estiver usando os recursos dos estudos livres e sistêmicos. Não posso precisar o quanto de obras Cientificas, de Física, Química e Biologia, Psicologia, Matemática, Aritmética, Geometria, Apometria, Biomedicina, Engenharia Genética, Parapsicologia etc. etc. Na verdade eu sempre leio de tudo que envolva vida, energia e matéria. Não sou nenhum PHD com Doutorado ou Mestrado. Minha Faculdade e Mental e Espiritual, Meu Tesouro é Mediúnico (de abstração, intuição e interação com as fragmentadas partículas de Consciências Espirituais, não locais que interagem fornecendo informações a minha condição corporificada local via Campo de Influência, ou meio ambiente do qual todos os sistemas vivos celulares e moleculares “almáticos” são totalmente dependentes).

Eu tive influência humana? É claro que tive, Sendo primariamente de berço Católico num Consórcio Familiar e de Amigos Próximos, tive convites de todos os seguimentos de Fé. Entre Eles, Evangélicos, Rosa Cruz, Budismo, Maçonaria me muitos outros, nunca dei respostas de aceitação a nenhum deles. Já nascera em mim uma convicção espiritual e tive a grande oportunidade em minha tia Julieta Dutra Navarro, irmã de minha Mãe Marietta. Me encantava com suas narrativas da Casa de Ismael, da FEB de Luiz Guillon e de Dona Raimunda, (do Rio de Janeiro, Senado Federal e de São Luiz do Maranhão), de Manuel Justiniano de Freitas Quintão e de Dona Alzira (Rio de Janeiro e Valença RJ) de Francisco de Paula Candido Xavier, Herculano Pires e Finalmente como meu Professor de Física no Colégio Batista em Niterói que veio a ser colega e meu Chefe, na antiga Divisão do Domínio do Estado.(1959 a 1964). Ocasião que perdemos o contato. O Engenheiro Dr. Carlos de Brito Imbassaí, que acabou influenciando a mim e ao colega “Benvindo Gutierres”, pela troca de informações fraternais. Presenteou-me com livros da Codificação de Kardec, Li, reli, treli, concordei e discordei de muitas coisas, em meu foro intimo, questionei e separei o joio do trigo, em tudo que li, sob análise sem julgar, apenas anotando, catalogando, complementando, atualizando e adaptando. O Dr. Carlos de Brito Imbassay é natural de Niterói, sua foto eu publico nesta matéria, pelo grande respeito, carinho e apreço que sempre nutri por ele e pelo Dr. Guilherme Hippert, que também, foi nosso Chefe. O Dr. Imbassay como disse, é Professor de Física, jornalista, Conferencista, Músico e escritor de vários livros que passo a enumerá-los pelos títulos: Livros que recomendo:

“Quando os Fantasmas se Divertem”;
“Memórias Pitorescas de meu Pai”;
“A Rainha Reencarnada (Romance)”;
“Cursos de Parafísica” (Escrito em Espanhol);
“As aparições e os Fantasmas”;
“Lendas de Osíris”;
“Quem Pergunta Quer Saber”;
“Cão de Favela”;
“ A Bio Energia do Campo do Espírito”; (Meu favorito)
“Nos domínios da alma”;
“Arquitetos do Universo”;
“A Vida de Professor nos desmontes do Estado” (Uma peça Teatral);
“Além de contos profanos e casos e coisas além do aquém e do além”;

Desde o meu berço espiritualizado, venho colecionando flores e espinhos, cheguei a ser rotulado de “MALUCO” e “ALIENADO MENTAL” em função da condição de SENSITIVO MEDIÚNICO, por alguns Familiares que nutriam pavor e medo pelas coisas Espirituais. Cheguei a ficar constrangido e envergonhado a ponto de reprimir e ocultar meus estudos livres e sistêmicos, mas depois do acidente que sofri perto de Registro na Regis Bittencourt a caminho de Curitiba e de ficar hospitalizado, tive tempo de refletir e perdoar meus Familiares, devido suas herança de fé cega. Eles não poderiam dar outra coisa, era o que eles tinham e muitos têm até hoje.

Fiz arbitralmente sem influência de ninguém, uma avaliação do meu passado de erros e equívocos e comecei a praticar uma reforma intima e pessoal, colocando a fidelidade, a moralidade e a integridade equilibrada com o bom senso com muito AMOR em tudo. Foi a experiência da Autorregeneração vivificada e corporificada com a ajuda fundamental das Consciências Espirituais não locais que comigo interagiam.

Tudo isso, só me foi possível, depois de ficar viúvo e ter a meu lado uma mulher que muito devo, pela ajuda mutua que nos prestamos a partir desse lugar maravilhoso que é São Lourenço MG. aonde fixamos residência depois de aposentado.

Lugar abençoado onde viemos a conhecer um casal maravilhoso JOSE EDUARDO ANTONIO DE MATTOS E SUA ESPOSA ANGELA BERTOSI DE MATTOS, ambos Dentistas e nossos vizinhos. Não foi por acaso, isto estava escrito. Conversamos muito e dei a ele vários livros para prefaciar, nos visitamos, nasceu ali, uma amizade imanizada pela Espiritualidade. Juntamos nossos conhecimentos espirituais e científicos, que se encaixaram como uma luva e começamos a estudar juntos, mesmo com a distância, nada nos impedia,usamos todos os meios de comunicação, telefone, internet, viagens e encontros, palestras e conferências juntos participamos. O resultado está registrado em nossos sites.www.dilmardutra.com.br e site www.joseeduardomattos.com.br

Um afetuoso abraço e beijos de luz, nos corações e cérebros simbióticos locais, iluminados pela MENTE PSIQUE ESPÍRITO não local, que interage com todos os sistemas vivos corporificados por células e moléculas.
Dilmar Dutra e Marlene Chaves Daltro Santos