A MANIFESTAÇÃO DA CONSCIÊNCIA ESPIRITUAL

Imprimir

Postado em 30.10.2012.

Autoria: A Consciência Espiritual que um dia em vida, esteve Mãe do Biomédium Dilmar Dutra, e hoje interage por via sensitividade ou mediunidade, ou ainda, sob abstração espiritual, complementando sempre as matérias com novas informações, a saber:

Revelação Espiritual através do Biomédium Dilmar Dutra, a serviço da vida para, como facilitador, esclarecer e dar a conhecer os Mistérios Espirituais. Um autodidata em Ciências Integrais e Espiritualidade Ecumênica, Universalista e Holística. Escritor Científico e Espiritual.

Nosso propósito é o de não sonegarmos informações e dizer a todos que não temos compromissos com equívocos, com erros, com dogmas e mitomanias humanas, buscar respeitosamente diante das Revelações Espirituais, novos paradigmas que representem a verdade atualizada pelo lógico e bom senso. Respeitamos todas as diferenças de opiniões, pedimos apenas que façam uma reflexão sob estas informações. Todavia reafirmamos que a tomada de decisão e a escolha, é arbitral, pessoal e intransferível. Ou seja, só sua. E de mais ninguém. A aceitação é intima e pessoal, não temos o propósito de catequizar e doutrinar ninguém. Apenas fazemos a nossa parte, ao revelarmos informações que não confrontam ninguém, apenas conflitam e complementam.

Vejamos:

A “Consciência Espiritual”, que muitos chamam de “Espíritos” e que nós chamamos de “MENTE PSIQUE ESPÍRITO” é um Campo de inimaginável tamanho e onde a Espiritualidade chama de “Campo de Influência e Informação” ou Akáshico, ou ainda, “Taquiônico”, criado e adaptado o ambiente para todos os sistemas vivos, manifestados em corpos almáticos, ou em almas unitárias “unicelulares”, e almas coletivas “multicelulares”, viventes dentro de si, onde foi criado um “Campo Morfogenético” apropriado pela “Matriz Divina Microbiana”, ou seja, Procariótica, que pela “célula simbiótica”, transformou e adaptou o meio ambiente inóspito, em ambiente apropriado e favorável para a vida em “sobrevivência”, condição inserida dentro de si, ou desse chamado “Campo Espiritual” e de onde todos os sistemas vivos são dependentes.

Conclusão: Não são os Campos Espirituais que estão contidos dentro dos Corpos Almáticos Materiais. É justamente ao contrário, são os Corpos Almáticos Materiais, que estão contidos nos Campos Espirituais, que os dirige, pela interação “Mente – Corpo” via Nutrição, pela Cadeia Almática de presas e predadores, onde todos comem todos, todos se alimentam de todos, forma Divina de autosobrevivência e autossustentação  mantendo o controle biológico e ecológico, para aproximar as partículas afastadas pela expansão contidas no TODO que ocupam os espaços em expansão. Viemos do uno e voltaremos ao uno pelo Sistema de Totalidades Integradas.

Criou-se ali, um espaço para se expressar numa evolução progressista e impermanente, como parte dirigida e afastada, para ocupação da expansão, que ocorre dentro do “SISTEMA DE TOTALIDADES INTEGRADAS PELA SIGLA DEUS”, ou seja, de uma partícula fragmentada que chamamos de “Consciência Espiritual” de repetidas inteirações com “corpos” de todos os sistemas vivos, e não só de humanos (que é uma condição reducionista e egoística). Estas consciências espirituais são medidas por grau para cada espécie da Diversidade Planetária “Campo Morfogenético de Gaia”, onde a memória filogenética ou cerebral registra processando pela “Consciência Espiritual” manifestada para digerir por cognição o entendimento e memoriza-la de modo multidimensional de possibilidades e probabilidades, ela registra tudo, a verdade, a mentira, os dogmas humanos e suas mitomanias, bem como, suas crenças pertinentes ou impertinentes, a partir de todas as interações na busca das informações contidas no “TODO METAVERSO TAQUIÔNICO”, que contem dentro de si, TODOS OS MULTIVERSOS QUÂNTICOS” que interagem via cognição, ebulição, fermentação e respiração, através de um código chamado RNA primário e DNA secundário. Essas manifestações imateriais denominadas corporificações criadas e  dirigidas por interações da “Consciência Espiritual Observadora”, não local, com os corpos locais, que chamam de ENCARNAÇÕES, EQUIVOCADAMENTE, face não existir corpo pronto para o processo encarnacionismo, encorporativo e reencarnacismo  condição inapropriada devido as Leis Divinas de Física, Química, Biologia e Psiquiatria, que estabelecem a COMPLEMENTABIDADE  para manter a ORDEM DE IMPERMANÊNCIA e controlar o CAOS, para que não exista A NOÇÃO DE PERMANÊNCIA CAÓTICA QUÂNTICA. Condição de SENTENÇA, PETRIFICANDO OU ENGESSANDO TUDO. NA CONTRA MÃO DA VIDA QUE PRECISA DE TORÇÃO BIOLÓGICA E PLASTICIDADE MORFOGENÉTICA. Assim fica Inviabilizada a possibilidade de incorporação, encarnação e reencarnação. O que existe e precisa ser compreendido e consagrado é a NOÇÃO DE INTERAÇÃO E INTEGRAÇÃO, ao invés de incorporação, encarnação e reencarnação. Somos completamente dependentes dessa integração universalista de transformação, adaptação holística, via água, luz, oxigênio em supremacia e de tudo que o meio ambiente nos propicia, criando e produzindo. A Noção Humana é inobservadora e fantasiosa, mascarada pelos dogmas e mitomanias Humanas. Precisamos fazer a nossa parte em Consciência e sermos mais observadores, para que possamos completar nossa FÉ no DEUS AMOR. O AMOR É O ÚNICO ELO QUE PODE FAZER O ECUMENISMO DAS CIVILIZAÇÕES PLANETÁRIA por este despertar ao adentramos na NOVA ERA DE LUZ.

O próprio Cosmo, nos mostra isso, os corpos são limitados ao espaço tempo e conteúdo, diferente dos Campos, que são ilimitados expansionistas de nanônicos para imensos, ou seja, de “micro” em complementabilidade, para formar o “macro” ilimitado. Já os corpos são limitados pela brana (diminutivo científico de membrana), mostrando, que há medida, que tentam manter dentro de si, algo maior. Explodem a exemplo de bexigas de aniversários, e de estrelas que explodem, ao sugar toda matéria e energia expelida por si mesmo, ao longo de seu ciclo de vida, e se transformarem em um Buraco Negro e voltam a sugar num processo de canibalismo cósmico reciclal, fagocitando tudo que expeliu, e ao sugar mais do que expeliu, implode e explode para remeter em forma de raios gama, toda energia da energia condensante, ou da matéria radiante, nos espaços expandidos, cujo deslocamento de radiação ocupa uma área dilatada pela luz iluminando as trevas e expandindo os Multiversos Quânticos em bolhas dentro do Metaverso Taquiônico.

A terminologia correta é complementada pela Espiritualidade dando o testemunho da Matriz Divina do Único Reino de Vida que existe que é “Celular – Molecular” que estabelece a vida na célula, pela simbiose: Membrana com memória filogenética, mais (+) moléculas, onde as principais INTERAÇÕES são de “ÁGUA”, “ATP” e “mTOR”, Eis aí a constituição de todas as ALMAS UNITÁRIAS (UNICELULARES) ou ALMAS COLETIVAS (MULTICELULARES). Criadas pela “MENTE PSIQUE ESPIRITO” COMO UNIDADE CRIADORA, OU SINGULARIDADE, OU AINDA, COMO FORÇA PRIMEVA QUE POSTA MASSA EM TUDO E QUE CHAMAMOS DE “O TODO DE AMOR” que fragmentado como “Partículas Consciências”, buscam pelo AMOR a condição de ELO que os levaram pelo processo de interação e colisão, sair do micro para o Macro pelo sistema de TOTALIDADES INTEGRADAS.

Todas as Almas (células e moléculas) são mortais, apenas o que esse processo bacteriano não faz é possuir uma programação para morrer, chamada de apoptose, mas morrem por fatores externos e praticam o suicídio por amor solidário, cooperativista e consciente, ao perceberem-se enfermas, e sem a condição de multiplicação sadia. Essa Consciência Espiritual as levam a praticar o suicídio, para dar lugar a uma célula sadia. Mostrando que a chamada “imortalidade”, ou “não morte”, não é uma programação Divina, para o Espírito, que não faz parte da Cadeia Almática retroalimentar. Morte significa alimento pronto para ser digerido. E o Espírito não é “celular – molecular”. Mais as ALMAS CRIADAS PELOS ESPÍRITOS SIM.

ESPÍRITO NÃO COME ESPÍRITO. ESPÍRITO SE ALIMENTA DE LUZ, DE INFORMAÇÃO E DE AMOR. JÁ AS ALMAS VIVENTES RECEBERAM O LIVREARBÍTRIO PARA FAZEREM A ESCOLHA, ENTRE O AMOR E O MEDO. E IRÁ PREVALECER AQUELE QUE VOCÊ ALIMENTAR MAIS.

AS PALAVRAS DE ORDEM. PARA A NOVA ERA SÃO: INTERAÇÕES, INTEGRAÇÕES, INCLUSÕES E COMPLEMENTAÇÕES.  E A CONSCIÊNCIA QUE INTERAGE COM OS SISTEMAS VIVOS É UMA PARTÍCULA  OU SEJA, UM FRAGMENTO DO TODO QUE CHAMAMOS DE “MENTE  PSIQUÊ ESPÍRITO”.

UM FORTE ABRAÇO E BEIJOS DE LUZ NOS CORAÇÕES E CÉREBRO, BEM COMO, NOS DEMAIS ÓRGÃOS DO CORPO ALMÁTICO SIMBIÓTICO, DE TODOS OS, ILUMINADOS PELO FRAGMENTO “CONSCIÊNCIA ESPIRITUAL . A PARTÍCULA DE DEUS INSERIDA POR INTERAÇÃO EM TODOS OS SISTEMAS VIVOS DA SUA CRIAÇÃO.

         DILMAR DUTRA E MARLENE CHAVES DALTRO SANTOS