A Manifestação Espiritual de DEUS pelas partículas que põe massa em tudo e cria a célula procariótica primeva como matriz espiritual com consciência, tomada de decisão, fazendo escolhas e com um código de vida para replicação dando origem a Diversidade de Espécies Almáticas como alimento que nasce vive morre, onde a morte é perpetuada como alimento nutricional e só cessa em caso de extinção para substituição de adequação, transformação e adaptação.

Imprimir

Postado em 04.09.2012

Por: Dilmar Dutra, Biomédium Autodidata em Ciências Integrais e em Espiritualidade Ecumênica, Universalista e Holística. Escritor Espiritual e Cientifico um Facilitador e Complementador a Serviço da Vida.

A Espiritualidade vem nos revelando e chamando a nossa atenção: Para revelações mais antigas, que não foram observadas e interpretadas como deveriam ter sido, ou seja, ratificando (confirmando) A Bíblia como herança, para Judeus e Cristãos, mais a frente por JESUS CRISTO, e seu evangelho, por KARDEC pela sua Codificação e por CHICO XAVIER pelas revelações Espirituais e Mediúnicas. Sei que muitos outros iluminados, deveriam ser citados por nós, pelas suas colocações, cujo perfil se aplica ao amor, em total equilíbrio e harmonia, numa visão ecumênica, holística e Universalista, a esses eu peço desculpas, por não mencionar seus nomes. Sei que também, ao longo da história, fizeram revelações com informações importantes, no sentido de libertar os Seres Humanos dos Dogmas e Mitomanias, ocorre que os estudos mostram e complementam as pesquisas na contramão da verdade científica comprovada e consagrada. Acredito que essas informações não foram digeridas ou compreendidas em suas épocas, ou um numero de pessoas não as fez propagar como deveriam, pelo menos aqui no Ocidente, com colocações pertinentes, congruentes e representando também, uma complementação na busca eterna de mais uma parte da verdade, que liberta os seres humanos dos Dogmas e de suas Mitomanias equivocadas e reducionistas. Estaremos apenas disponibilizando os textos estudados por nós, das chamadas escrituras sagradas como dos evangelhos de Jesus, das codificações e das revelações Espirituais de Kardec, bem como, das informações científicas comprovadas e atualizadas no presente, que jamais foram levadas a estudos sérios, como por exemplo: As revelações mediúnicas que foram psicografada por Francisco de Paula Candido Xavier, por se complementarem nas abordagens integradas, palcos de nossos estudos livres e sistêmicos.

Vejam! Hoje sabemos que a menor partícula imaterial, se manifesta como o “Bóson”, que foi denominada pelo seu descobridor de “A Partícula de DEUS”, ou seja, aquela partícula colisora que põe massa em tudo e que foi isolada pelo colisor de Partículas LHC, e que possibilita criar um fragmento nanônico material chamado de Átomo, que por sua vez, se constitui como integrante da menor Unidade Espiritual de vida, que chamamos de: Células procarióticas, ou seja, A MENTE EXTRAFÍSICA PSIQUE ESPÍRITO, cria a Cadeia Almática Retroalimentar. (Que o livro sagrado chamado de BIBLIA, consagrou, afirmando que: “O Espírito cria suas Almas Viventes”) E que a Física, a Química e a Biologia confirmam em numero, gênero e grau. Vejam! Se, é o Espírito, que cria suas Almas Viventes, as cria para viver e tudo que vive, nasce morre e isto, nos levaram a levantar dados sobre a VIDA e a MORTE. O dialeto mais antigo do Mundo chamado de NAACAL, falado na antiga Atlântida, foi o responsável por estas terminologias e que foram traduzidas, segundo revelações Espirituais equivocadamente, vamos esclarecer e facilitar a compreensão:

Definindo com fidelidade as terminologias e as traduzindo para o Português falado no Brasil. Vamos começar pela Causa Primária de todas as coisas. “DEUS” Uma sigla que representa O Sistema TODO que é considerado pela partícula imaterial infinitamente pequeno que cria a matéria para se tornar o infinitamente grande. Agora vamos mostrar a tradução do NAACAL para o PORTUGUÊS falado no BRASIL pela sua riqueza, que incorpora terminologias de todos os idiomas e cria constantemente elementos novos e próximos do NAACAL e, que por isso, permite uma tradução mais fidedigna. A sigla “DEUS” na horizontal significa (DIVINO ESPÍRITO ÚNICO SIMBIÓTICO). Na vertical, sua multidimensionalidade é infinitamente grande vamos a alguns significados:

Letra “D” Significa: Diversidade; Divino; Direitos; Deveres; Etc. e tudo que possa ser escrito com “D”.

Letra “E” Significa entre outras coisas: Espécies; Espírito, Energias, Esperma; Etc. e tudo que possa ser escrito com “E”.

A Letra “U” Significa entre outras coisas: Unicelularidade; Único; Universalismo; Universo; Etc. e tudo que se possa ser escrito com “U”.

Letra “S” Sistema; Simbiose; Singularidade; Sociedade, Saciedade; Etc. e tudo que se possa ser escrito com “S”.

Diante desta tradução “DEUS” é muito maior que quaisquer DOGMAS ou MITOMANIAS HUMANAS, DEUS É UM SISTEMA CRIADOR QUE VAI DO INFINITAMENTE PEQUENO AO INFINITAMENTE GRANDE, AONDE SUA MELHOR DEFINIÇÃO É O AMOR. “DEUS É AMOR, SÓ AMOR. O DEUS PUNITIVO, NÃO É O DEUS VERDADEIRO, NÃO EXISTE IRA DO SENHOR PARA COM SUAS CRIAÇÕES, QUE ESTÃO CONTIDAS DENTRO DE SI MESMO, PARA OS QUE FOREM LIBERTADOS PELA VERDADE AS LEIS DE CAUSA E EFEITO E DE AÇÃO E REAÇÃO. PARA OS PRISIONEIROS DE EQUIVOS, DOGMAS E MITOMANIAS HUMANAS O RIGOR DA LEI.

Isto significa dizer: Que somos totalmente responsáveis por nossos atos, ações e procedimentos. A busca de um bode expiatório no outro, um laranja, para culpar e condenar, é hipocrisia. É desonestidade. É maledicência. É discriminação. É dolo e culpa. Fomos. Somos e Seremos sempre os responsáveis diante das LEIS o do rigor das LEIS DIVINAS.

O Espírito não pode ser visto como uma entidade ou como um corpo. O Espírito é representado pelo TODO, ou seja, é um CAMPO INTELIGENTE CHAMADO DE MENTE PSIQUE ESPIRITO ETERNO, QUE USA A MATERIA E AS ENERGIAS PARA CRIAR, TRANSFORMAR, ADAPTAR E LEVAR PARA AS EXTINÇÕES NA DESATIVAÇÃO DE SEUS CÓDIGOS DE VIDA, ONDE A MORTE, NÃO PODE SE PERPETUAR COMO ALIMENTO.

Continuando as traduções do NAACAL para o PORTUGUÊS DE FORMA FIDEDIGNA.

Vida: Tudo que Nasce, Vive e se alimenta da Morte.

Morte: Alimento pronto para ser digerido.

Extinção: Forma quântica ou intaquiônica, de desativação da Cadeia retroalimentar de Almas Unitárias (Unicelulares) ou de Almas coletivas ou em grupo (multicelulares).

Observação do Biomédium: Até hoje, já foram extintos ou substituídos pela adaptação mais de 99% de todos os sistemas vivos. E não se tem notícias que nenhum deles voltou.

Almas unitárias ou Almas Coletivas; Criadas pelos Espíritos Eternos, por uma Cadeia de Prezas e de Predadores, com a finalidade de manter a Diversidade de Espécies, para serem perpetuadas pela morte como alimento nutricional, pelo nascimento vida e morte, condição que na desativação de seus códigos perfeitos e dirigidos, por um tipo de consciência estabelecida para evoluírem, transformarem e se adaptarem a partir da ebulição primaria, fermentação secundária, e respiração terciária, condição estabelecida sempre e contidos nos Campos Morfogenéticos favoráveis as condições criadas, pelas formas microbianas, que estabelecem as condições anaeróbicas e aeróbicas, completamente dependente desse Campo de Influência Espiritual, que mantém dentro de si, todos os corpos almáticos:

Definindo:

Espiritualmente somos o que pensamos.

Almaticamente somos o que comemos.

Imortalidade de Almas unicelulares ou de Almas Coletivas multicelulares, não pode ocorrer, porque seria quebrar a Cadeia de prezas e de predadores, construída para ocupação da energia condensada, ou material e por fim a vida, que é um experimento fragmentado de retorno a unidade. Fagocitar, Comer, Sugar, Ingerir, alimentar ou se alimentar, só perpetua pela morte a condição nutricional da simbiose, como perpetuação com ou sem apoptose. (Ou seja, A apoptose significa não ter uma programação para morrer, mas morre por fatores externos). Como a morte significa alimento, das condições unicelulares e multicelulares (simbióticas), como as memórias filogenéticas e os cérebros, não poderiam existir face ser o oxigênio, o principal nutriente e combustível, para suas sobrevivências e este fator, joga por terra, toda elucubração mirabolante de se afirmar que é o Cérebro o criador de consciências e da Mente Psique Espírito. Isto é o maior Dogma Materialista dos defensores da evolução aleatória e inconsistente e sem sustentabilidade para os processos celulares e moleculares da microbiologia, em perfeita sintonia com as Ciências Integrais e Espiritualidade Ecumênica Universalista e Holística. As demais teorias são inconsistentes e insustentáveis, para explicar a vida sem as células e moléculas, sem torção biológica e plasticidade morfogenética.

Sinto muito haver soprado o vento Espiritual e Científico, sobre seus Castelos de Areias, mas a verdade precisa prevalecer para nos libertar da ignorância.

Vamos finalmente aos fatos que comprovam e complementam, a partir dos tesouros textuais, todas as informações recebidas de nossos ancestrais, confirmadas ou não por revelações e comprovações científicas. Mas antes vamos falar das explosões e Implosões, que possibilitaram as expansões provocadas por muitos BIG BANGS, que criaram os Multiversos Quânticos ou Intaquiônicos, contidos dentro do Metaverso Taquiônico, ou Singularidade ou ainda, simplesmente o “TODO”, que contem O TUDO E O NADA, denominado por alguns Cientistas de CAMPO AKÁSHICO.

Vamos começar por registros nos textos sagrados com o Evangelho de JESUS CRISTO, uma vez que já fizemos menção a BIBLIA nas questões de Almas Viventes.

JESUS DE NAZARÉ O CRISTO, Orava em voz alta, na presença e testemunho de Apóstolos: “Pai minhas Almas estão numa tristeza mortal”. Definiu ali que Almas eram mortais, definiu também, segundo texto considerado Apócrifo de Maria Madalena de Bethânia, irmã de Lazaro e de Santa Marta, que JESUS no plural se referia a sua própria constituição.

Vamos dar continuidade, com a Codificação Espiritual de Kardec, complementada pelo seu Jornal, republicado no Brasil pela Federação Espírita Brasileira, antiga Casa de Ismael.

Kardec afirmou textualmente: “A marcha dos Espíritos é progressiva, jamais retrógada”.

Em outra ocasião afirmou categoricamente: “Se vossa consciência já não vos mais admirar qualquer nova possibilidade, como podeis acreditar em uma condição de existência diferente daquela do vosso corpo físico.” Kardec em outras palavras confirma Maria Madalena de Bethânia, que no plural afirmou que Jesus se referia a sua própria constituição que hoje sabemos ser celular e molecular.

Continuando: Do livro “Parnaso de Além Tumulo” Uma Psicografia do maior Médium Brasileiro, FRANCISCO DE PAULA CANDIDO XAVIER, para mim um ícone de referencia espiritual e moral. O Espírito que teve o nome civil de AUGUSTO DOS ANJOS revelou ao CHICO, no Livro Parnaso de Além Túmulo” sob o título “A VOZ DO INFINITO” o seguinte: “O corpo desde o embrião inicial era um mero atavismo revivendo. A Alma era a molécula, sofrendo, afastada do Todo Universal”.

Depois em “VOZES DE UMA SOBRA” Recitou de forma clara e contundente:

“Donde Venho? Das eras remotíssimas, das substâncias elementarissimas, emergindo das cósmicas matérias. Venho dos invisíveis protozoários, da confusão dos seres embrionários. Das células primevas das Bactérias”.

Eu Pergunto: Será! Que precisa motivos maiores que esses, para que se possa começar uma discussão e dizer não as incongruências, aos dogmas, as mitomanias reducionistas, mirabolantes e conservadoras, com interpretações fora da realidade e de mais um pedacinho fragmentado de verdade visto pelo holograma fragmentado, aonde, cada pedacinho é uma partícula da verdade e que necessita urgentemente ser: Revisado, complementado, transformado e adaptado a busca de mais um complemento, como uma peça no tabuleiro da verdade, que irá dar visualização mais completa ao que desconhecemos.

Eu tenho a mais absoluta certeza, de o que sei, representa uma gota d’água e o que eu não sei, representa um oceano, mais nem por isso, eu irei engessar, petrificar ou interpretar, em cima da letra humana que mata, radicalizando pela condição de leigo em questões fisicobioquimica. E eu quero novamente usar o que disse Kardec de forma fidedigna:

“A Ciência cabe à tarefa dos fenômenos científicos. O espiritismo não se envolverá nessa pesquisa Cientifica. O Espiritismo aceita tudo que a Ciência comprova, mas não se detém onde a ciência para. O Espiritismo estuda as causas, enquanto a ciência estuda os efeitos. No dia em que a ciência provar que os Espíritos estão errados num ponto que seja, abandonaremos esse ponto e seguiremos a ciência.”

Isto para mim. É muito claro. Alguns confrades, não conhecem ou não se interessam em estudar o próprio Kardec, ou ainda, ignoram a própria codificação, será por que existe interesses outros, econômicos, sei lá, para que alguns tomem posição de confronto, não contem comigo para o confronto, estou apenas vivendo as possibilidades do conflito, que nos faz contramão de parte ou de uma parte maior da verdade, não tenho compromissos com erros e equívocos, para falar da VIDA DA MORTE E DA EXTINÇÃO. E sei que os Seres Humanos não estão prontos e consequentemente suas obras, também, não. As ocorrências de sobrevivência mostram-nos que as transformações são necessárias e que para continuar sobrevivendo. As adaptações complementares são fundamentais. Kardec, também disse isso, só que de forma diferente, vou repetir: “A marcha dos Espíritos é progressiva, jamais retrógada”. E disse mais, vamos recordar: “Se vossa consciência já não vos mais admirar qualquer nova possibilidade, como podeis acreditar em uma condição de existência diferente daquela do vosso corpo físico.”

Observação final: A Vida é celular e molecular. Um forte abraço e beijos de luz em vossos corações iluminados pela Mente Psique Espírito não local e sem uma localização exata no Campo Akáshico.

Dilmar Dutra