“VOZ DA ESPIRITUALIDADE UNIVERSALISTA ECUMÊNICA E HOLÍSTICA EM DEFESA DOS APOSENTADOS E PENSIONISTAS BRASILEIROS”.


Imprimir 

Postado em 25.08.2012.

Por: Dilmar Dutra, Biomédium Autodidata em Ciências Integrais e em Espiritualidade Ecumênica, Universalista e Holística. Escritor Espiritual e Cientifico um Facilitador e Complementador a Serviço da Vida.

Venho recebendo muitos e muitos apelos no sentido de fazer uma matéria em defesa dos Aposentados e Pensionistas do Brasil a mercê da classe política ou de seus representantes no exercício de Cargos de Confiança no Poder Publico ou Privado. Não importa. Não sou Político e não me envolvo com estas questões e nem alimento querelas Políticas, minha Seara e militância é totalmente voltada para as questões Científicas e Espirituais. Todavia, sou Brasileiro e Aposentado, como muitos cidadões Brasileiros e penso. “Que como todo homem Publico, que tem responsabilidade e noção de cidadania a obrigação moral de protestar pacificamente, contra o descumprimento do Estado de Direito Adquirido como conquistas das classes trabalhadoras dos Setores Públicos e Privados estabelecidos por LEI”. E estas LEIS são para todos e estão em vigor, a partir das datas de suas publicações, revogando-se todas as demais disposições em contrário. Condição que devem ser respeitadas, como estabelece a Constituição Brasileira, ou seja, a LEI é para todos. E, o RIGOR da LEI, deve alcançar aqueles que a descumprem, sem a necessidade de confrontos Judiciais. Pessoas equivocadas no abuso de Poder, coisa que é CRIME contra a Legalidade e o Estado de Direito Adquirido. Descumprem as Leis, com justificativas baseadas em pareceres de assessores, em portarias ou mesmo em Decretos, numa violação desrespeitosa que inverte os valores da legalidade. Uma LEI é muito maior do que as opiniões particulares de assessores, Portarias ou mesmo Decretos. As Portarias devem seguir as Leis, os Decretos regulamentam as Leis. E uma Lei só pode ser alterada por outra LEI, mesmo assim. Se houver DIREITOS ADQUIRIDOS, esses DIREITOS devem ser preservados, isto porque as LEIS não podem retroagir para prejudicar, Para aqueles que gostam de inversão de valores devem estar preparados para responderem por isso sob o RIGOR da LEI. E o rigor da LEI vai inevitavelmente alcança-los há quaisquer tempos, se não for hoje, com certeza será amanhã, ou ainda, num futuro próximo, face as LEIS DIVINAS de CAUSA E EFEITO E DE AÇÃO E REAÇÃO serem atemporais. ( Os Espíritos nos dizem que o tempo dura o bastante para aqueles que sabem aproveitá-lo respeitando-se os espaços de tempo, as diferenças e os direitos adquiridos que representam conquistas de classes ou categorias acordados e legalizados por serviços prestados ao Poder Publico ou Privados. A conquista é um Direito Adquirido referendado pela LEI.

Por outro lado. Se houver interesses para adequar ou adaptar questões que visam sanear a gestão financeira. É preciso fazê-lo pela forma LEGAL. E com responsabilidade propor uma Nova LEI, resguardando os Direitos Adquiridos de Todos e a partir da sua publicação, onde se revogam todas as demais disposições em contrario. E a nova LEI, entrará em vigor, para os que ingressarem a partir da publicação da nova LEI. Este é o procedimento LEGAL, e quaisquer coisas diferentes disto, os responsáveis devem responder com o RIGOR da LEI.

Os direitos adquiridos como conquistas devem ser pagos imediatamente e as classes e categorias prejudicadas devem se unir para exigir o cumprimento da LEI e responsabilizar os que desrespeitaram a LEI com o RIGOR da Carta Magna do País. Ou seja, da Constituição Brasileira.

Finalizando esta matéria propondo aos Senhores Responsáveis pela Ordenação de Despesas, ou seja, os Responsáveis Diretos, sejam eles, do Poder Publico ou Privado. Que façam uma reflexão nas questões dos Aposentados e Pensionistas Brasileiros. ( O País não disponibiliza emprego suficiente e ainda, vai levar muito tempo para que isso seja normalizado).

Então Senhora Presidente, Senhores Governadores e Prefeitos, Senhores Congressistas, Deputados Federais e Estaduais, Senhores Vereadores ou todos aquelas Instituições Privadas, cujas Leis regulamentem seus quadros, façam com que os direitos adquiridos como conquista sejam devidamente pagos. São esses Aposentados, Inativos Civis e Militares, bem como, as Pensionistas e que estão fazendo um esforço acima de suas possibilidades, para gerir e sustentar seus familiares, com suas respectivas famílias, que são desempregados no Brasil. e a coisa, é exatamente assim.

Senhora Presidente Dilma! Reconheço o seu esforço e sua competência, vejo-a, hoje, como a Presidente da Republica que melhor conduziu as questões Sociais no caminho da erradicação da pobreza.

Senhora! Os Aposentados, Inativos Civis e Militares, assim como, os Pensionistas, são na verdade, as galinhas dos Ovos de Ouro da grande maioria de desempregados do Brasil. Se permitir que esses forasteiros principalmente no Serviço Público, tirem a ração, o milho dessa valorosa classe de Inativos Brasileiros (Galinha dos ovos de ouro) que de alguma forma ajudaram o País a chegar aonde chegou. E ontem, com absoluta legalidade a conduziu a Presidência da Republica (E Eu digo hoje, Graças a DEUS). Não Matem as galinhas dos ovos de ouro, pois se isso ocorrer, a grande maioria dos desempregados, sem as galinhas e seus ovos, não poderá sobreviver de imediato e, a linha da pobreza numa visão futura, aumentará consideravelmente.

Por favor. Senhora Presidente. Não nos desampare, seja para o Brasil e para os Brasileiros a solução, sei que pode, já demonstrou sua capacidade de Governar. Fica aqui meu respeitoso abraço, minha consideração admiração e apreço. Pedindo a Espiritualidade Proteção e iluminação para a Senhora e para todo Congresso Nacional e encerro este apelo com um:

LEBRETE FINAL: Hoje os Aposentados, Inativos Civis e Militares bem como, Pensionistas somos nós. Com certeza amanhã serão todos vocês! Senhores a Beleza é um acordo entre o conteúdo e a forma.

Senhora Presidente! É Sob a Direção de um forte General que não haverá soldados fracos. Ninguém comete um erro maior do que não fazer nada porque só pode fazer pouco.

Beijos de luz, nos corações iluminados pela Mente Psique Espírito.

Dilmar Dutra e Marlene Chaves Daltro Santos.