CIÊNCIAS EM QUESTÃO


Imprimir 



     “Estudo do Campo Unificado, ou Campo de torção biológica das Ciências Integrais, onde defendemos a Teoria da Unicidade Universalista e Crística do Todo”. – Um espaço único de “Holarquia Divina” ou “Simbiose Universalista”, que explica o porquê, “TODOS SOMOS UM, PELO SENTIMENTO AMOR”, herança Divina da Onipotência. E isto significa dizer, que os Seres humanos não estão prontos. Temos a onipresença de DEUS dentro de nós, na proporção espiritual genomica de 25%. Temos a onividência numa proporção crescente à medida que conhecemos mais pela observação. Estamos engatinhando na onividência e à medida que o Universo se expande, nossas consciências também se expandem e, hoje, já percebemos o Campo Unificado das Ciências Integrais, ecumênicas e universalistas. E temos no AMOR, sentimento neutro, imparcial, contido em todos os sistemas vivos, ou criaturas do CRIADOR - “DEUS” (DIVINO ESPÍRITO UNICO SINGULAR) que é a herança da onipotência inserida em nós.
      Só o AMOR, transcende os multiversos quânticos ou Intaquiônicos, de DEUS CRIADOR para suas Criaturas de forma ONIPOTENTE, eterno, infinito e singular, sem dualidade, sem bipolaridade, sem contraditórios de opostos, completamente neutro, igualitário, imparcial e digno. Vem com a consciência Cósmica que é anterior ao cérebro, ou seja, o cérebro é posterior a consciência do “EU MENTE ESPÍRITO” que se encontra na proporção de 75% no meio ambiente, interagindo e ligadíssimo com todos os Multiversos Quânticos, contidos no Universo Taquiônico, que por sua vez, está contido em DEUS, que a Ciência chama de Singularidade. O que existia antes dos BIGs BANGs, existe na forma de sentimento, e que continuará a existir no infinito eterno. O AMOR vem de DEUS e é como ele, você não pode pegar, ou ver. Mas pode SENTIR.
     A sigla DEUS, no dialeto Naacal, falado na antiga Atlanta é que deu origem, ao copta, língua egípcia e, que significa “Divino Espírito Único Singular”.


Voltar