“CONSCIÊNCIAS DISCIPLINARES”


Imprimir 

Postado em 10.06.2010.
Por: Dilmar Dutra – Médium Autodidata Científico

      A espiritualidade nos coloca sempre que a vida se manifesta pela criação Espiritual em consórcio com a transformação, adaptação e extinção almática e, que existe um tipo de “consciência Espiritual disciplinar” para cada espécie da Diversidade Vital.

     Esta “consciência espiritual disciplinar” passa pela nutrição, alimentação, socialização, respeito, gratidão, preservação e regeneração, numa ordem cronológica, para se alcançar a “Consciência Disciplinar Crística” que está retornando evolutivamente nestes tempos, aonde ressurge a noção de que é pelo AMOR, que “todos somos um”. Que na verdade é o único “ELO” do “Ecumenismo Universalista Cristão”, bem como, pela “Consciência Disciplinar Cósmica”, com a noção de que todas as diferenças de FÉ conduzem a um “ÚNICO DEUS” e suas “Criações Eternas Espirituais”, que são “Co-Criadoras de Almas viventes” (na unicelularidade) e Almas-Grupo viventes (na multicelularidade) como manifestações aonde, seus sonhos nutrem os Espíritos.

      Este Médium que assina esta matéria como autor, teve berço Cristão e professo convicto, que todos os “Mestres Ascencionados e Iluminados”, pregão suas crenças pela FÉ, aonde, a única diferença são as “Consciências Disciplinares Diferentes”. Por isso, os questionamentos se multiplicam, ao defendermos nossa opinião com afirmação científica e espiritual, em perfeita sintonia com todas as matérias que postamos em nosso site e que passam pela ética, pelo respeito, com objetivos de não sonegar-se informações racionais, cientificas e coerentes, procurando ressaltar que os dogmas humanos, deturpam e consagram incongruências etimológicas verbais e escritas.

      Nossos estudos consociados com nossas parcerias, sobre “Teologia” (Estudo de DEUS) - observam cada detalhe “entrelinhas”, cada citação bíblica, cada frase, cada parábola e cada tradução do idioma original, para outros idiomas e, essa tradução, em quase 90% , é imperfeita e traidora, usam-se dogmas humanos, para tentar explicar aquilo que não foi entendido ou compreendido, e assim, perde-se o conteúdo fiel (de fidelidade lingüística original) e, os dogmas humanos, se consagram em deturpações de acordo com interesses outros.

      E como essas consagrações são aceitas sem questionamentos, usa-se cada vez mais o recurso de doutrinações e catequizações, que rejeitam sob confronto, todas as novas idéias, novas percepções, novas hipóteses, novos paradigmas, prevalecendo o conservadorismo em cima da letra que mata. Não são de estranhar, que sejamos sempre questionados e condenados (sentenciados) por isso. Nossas matérias são acusadas de inconsistentes e complexas, de difícil entendimento. Vamos então mostrar que os acusadores não foram capazes, de compreendê-las ou, de aceitar essa diferença de consciência disciplinar, em grau evolutivo, mas nós, com muito amor, paciência, tolerância compreensão e perdão, usamos e usaremos sempre a ética e o respeito, para continuarmos a não sonegar informações, e esclarecer que nossos estudos. São coerentes sim. São consistentes sim. São racionais sim. E de muita responsabilidade e bom senso.

     Em relação às Almas (no singular referem-se à unicelularidade, as Almas-grupo (no plural referem-se à multicelularidade). Porque biologicamente, cada célula bacteriana é uma alma, tudo que respira que se alimenta ou é alimento, ou ainda, que por divisão binária ou por meiose se multiplica, é considerado um ser almático pelas ciências integrais.

      São inúmeras as comprovações, são inúmeras as citações bíblicas, por isso, vamos usar as escrituras sagradas e os evangelhos cristãos, usando o nosso principal ícone, sagrado de referência moral e de credibilidade Global, que é JESUS CRISTO, para narrar como exemplos consistentes, reais e racionais e, até religiosos. Como expressão máxima e indiscutível de nossas colocações:

      (A oração de JESUS CRISTO no Jardim das Oliveiras, segundo o Apóstolo Marcos 14.34.... “A minha alma está numa tristeza mortal).

       Comentário do Médium: Jerônimo colocou na sua vulgata tudo no singular e para a Ciência moderna. A Alma no singular só se aplica a unicelularidade da célula.

       E no plural a todo complexo vital multicelular, ou seja, Almas-grupo.

       O que importa mesmo! São as próprias definições de JESUS, Almas ou Almas-Grupo são mortais.

       Vamos continuar com JESUS CRISTO.... (Suas últimas palavras na Cruz... “Pai a ti entrego meu Espírito eterno”).

       Isto para nós define que “Almas”, são diferentes de “Espíritos”. E esta diferença é estabelecida com equilíbrio pelo AMOR e com elegância pela HARMONIA, pelo próprio JESUS CRISTO. Poderíamos dar outras e inúmeras citações de Apóstolos, de Discípulos, De Cientistas de Filósofos, de Mestres ascencionados e Iluminados etc. Mas entendemos que esta seria a melhor e, a bastante. Visto que “JESUS CRISTO” é o principal Ícone do AMOR.

       Usamos seguindo o exemplo de JESUS CRISTO, com AMOR e HARMONIA, estas explicações, enviando um forte abraço e muitos beijos no coração de todos no caminho da PAZ.

Dilmar e Marlene