“ENFERMIDADES PSIQUICAS QUE INTERAGEM COM OS CORPOS E ADVEM, DE FORTES EMOÇÕES COMO, AS PSORIASES E VITILIGOS”

Imprimir

Postado em 05.12.2011.

Autoria: A Consciência Espiritual que interagiu com o ser humano almático, rotulado com o nome civil de “IMHOTEP” Sumo Sacerdote da Escola de Mistérios Espirituais do Olho de Hórus, que funcionou no subsolo da Pirâmide Escalonada em Saqqara no Egito Antigo, foi o criador da Medicina. – IMOTEP recebeu dos Gregos, vários outros nomes como: “Hermes Trismegisto” que significa (O Três Vezes Grande), bem como, “Esculápio” e “Asplégios”. O símbolo chamado de “Caduceu” foi também, criado por ele, e está presente nos anéis de Médicos e Dentistas.

Hoje esta Consciência está interagindo com a Consciência do Biomédium Dilmar Dutra, autodidata em Ciências Integrais em Perfeita Sintonia com a Espiritualidade Ecumênica e Universalista – Escritor Científico e Espiritual que vem recebendo mensagens como esta a seguir:

Tanto a Psoríase como o Vitiligo, entre outras enfermidades, como por exemplo, distúrbios bipolares e demências, são de origens psíquicas, ou seja, o grande pensamento do “EU MENTE ESPIRITO” ao verificar um defeito genético na célula molecular devido a fenômenos do Campo de Influência não local, dota os seres vivos com decisões arbitrais e abstrações espirituais, capazes de se manifestarem em mutações e correções ao interagir com o Campo não local, mais precisamente, pelo maior órgão receptor do corpo local e que o caracteriza pela “chamada pele”, ou membrana filogenética, que reveste órgãos internos e externos, neste caso externo, o contato é direto morfogenéticamente, com essa visão e compreensão de humanos, as enfermidades recebem um diagnostico, como um fenômeno psicossomático, resultante de estresse à flor da pele, que se manifesta como desafio para a dermatologia que hoje, acertadamente integra-se a biologia molecular, sob influência das psicodermatoses como os distúrbios cutâneos associados a transtornos de origem psíquicos, que advêm das manifestações acústicas onde a natureza emite mensagens por meio de sons cuja interpretação só é possível ouvir, por sensitivos cuja observação e atenção os permitam escutar. São muitos os painéis solares captadores de energia que interagem entre si, dando sonoridade ao Campo Morfogenético Planetário.

O grande equívoco da medicina moderna está em considerar a “MENTE PSIQUE” um subproduto do corpo, ou seja, do cérebro, que é totalmente material e que não pode criar a “mente psique”, que é totalmente Espiritual e precedem a matéria. O cérebro tem participação numa relação “Mente Corpo”, (E não podemos esquecer que o cérebro é parte do corpo). E que é o “Espírito Eu Mente Psique não local”, que cria o cérebro local. Esta inversão de valores materialista está inserida no enfoque de patogenia na qualidade clinica de origem física, tanto no trato de Psoríase, como do Vitiligo, com a visão de uma afecção crônica de grande complexidade, apesar de serem doenças consideradas dermatológicas, são doenças psíquicas que se manifestam fisicamente com algumas diferenças da psoríase para o vitiligo.

A Psoríase manifesta-se pelo prurido e pela coceira que, estabelece uma lesão na pele.

Já o vitiligo causa uma despigmentação na pele, ou seja, uma condição mais branda sem lesões descamativas, o vitiligo pode desaparecer totalmente com o tempo, à medida que o equilíbrio e a harmonia tragam uma estabilidade emocional para o sistema imunológico, que reagia sob manifestação de lembranças reprimidas e pode parar sua manifestação física para melhorar e até curar péla fé, crença espiritual, religiosa, mística, ou exotérica. Não importa a sua escolha arbitral, esta fé é manifestada pela MENTE PSIQUE ESPÍRITO, que age substituindo os genes de células defeituosas, atacando os sistemas de polipeptídios e de neuropeptídios dos sistemas vivos, mas para que isso possa acontecer é preciso decisão arbitral firme e de abandonar mitomanias, adotar hábitos saudáveis e encarar a vida de modo equilibrado fora de dogmas e fanatismos, buscar a liberdade pela verdade interior onde, as relações interpessoais de amor, de respeito às diferenças e, que possa prevalecer o sentido absoluto de dever - (fazer a sua parte começando por si amar).

Aplica-se esse procedimento da mesma forma para a psoríase, que também, é fruto de um defeito genético celular, provocado por estresse adquirido e potencializa pelo meio ambiente comum, como o domestico, o de trabalho, o de rejeição ao som, através dos sentidos ouvidos mais não escutados que provoca um tipo de alergia psíquica, que se manifesta fisicamente do campo de influência no corpo local e, causa pânico e horror em si mesmo. E é uma interação proporcionada por fenômenos emocionais (forte emoção, decepção, constrangimentos sucessivos), causando essa alergia psicológica local provocada pela autovergonha e sentimento de rejeição.

Todos os seres vivos moleculares e celulares estão sujeitos a estes sofrimentos psíquicos, que desencadeiam o sentimento de frustração. Poderíamos afirmar que é um caso onde a psicanálise é mais importante no tratamento, do que a dermatologia clinica que trata o efeito, sem considerar a causa de origem psicanalítica que é potencializada pelo fato de que todos os seres vivos são mais meio ambientes do que genômicos e sofrem influência direta desse Campo Morfogenético.

A cura poderá vir, ainda pelas próximas décadas através da engenharia genética, ou seja, pela Biologia molecular- celular, em consórcio com uma terapia psicológica, para devolver a autoestima e a autoconfiança. É preciso tratar a violência psicológica. E esta é uma terapia intima pessoal e intransferível e seu principal antídoto é o AMOR pó si mesmo. Uma condição que só os pacientes afetados por estas moléstias podem fazer, evitando constrangimentos, querelas, disputas, discórdias compreendendo que não existe um caminha para a Paz. A Paz é que é o caminho. Adentrar por ele só depende de você e do seu livrearbítrio. Reflita sobre isso, e seja um (a) sábio-(a), aplicando seu conhecimento.

Um forte abraço e beijos no coração.

Dilmar Dutra e Marlene Daltro parceiros nos estudos livres e sócios no site WWW.dilmardutra.com.br