A NEUROPLASTICIDADE MORFOLÓGICA


Imprimir

Postado em 1º de Outubro de 2009

Parte 1
Autoria: Espíritos Diversos
Por: Dilmar Dutra – Médium Científico

      O Meio Ambiente é todo construído pelo “Eu Mente Espírito”. Que se manifesta em “Consciência Cósmica Universal”. Com propriedades capazes de alterar o tecido nervoso, de todo reino celular. Face, revestir e interagir, com todas as unidades atômicas bacterianas, unicelulares e multicelulares, de forma recorrente, com vírus, com fungos, etc., ou seja, com o “Planeta Microbiano”. Estas inteirações, as “Ciências Integrais” chamam de “NEUROPLASTICIDADE MORFOLÓGICA”, que de fato, responde sempre as influências ambientais, por manifestações anímicas, por colisões e por percepções sutis, numa perfeita inteiração o tempo todo, captada pela cognição com a consciência gerada pelo “Eu mente espiritual”, que não tem uma localização exata no meio ambiente apropriado.

     A espiritualidade nos afirma que as Unidades Celulares, são revestidas e tem uma inteiração de aproximadamente 25% da ação individual do espírito (fusão de energias) e que, 75% aproximadamente do “Espírito Eterno”, esta dirigindo tudo e apropriando o meio ambiente, para surgimento dos fluidos vitais e almáticos (cada bactéria é uma alma quântica ou um útero Intaquiônico). As unidades multicelulares são constituídas de “Almas Grupo” e podem estar em grau, em constante inteiração com o meio ambiente, pelas memórias filogenéticas, pelos cérebros, pela luz e pelas proteínas captadas pela ação almática microtubular do meio ambiente espiritual. Processo retro alimentar de uma cadeia de vida de presas e predadores. Essas presas e predadores almáticos é que nutrem os Espíritos, ou os fluidos nutrem as energias.

     Vejam! Tanto as Memórias Filogenéticas, quanto os Cérebros, manifestam mudanças de posições de setores funcionais, com o redirecionamento das atividades neurais, diante de quaisquer avarias, seja física ou psíquica. Esta revelação espiritual podem ser comprovados por meios laboratoriais e obtidos, por meios de técnicas da neuroimagem em toda família animália do reino celular, se observada como dissemos, em laboratório, pois sua manifestação (movimentação sináptica molecular) é implantada na memorização do computador do genoma, chamado Cérebro, durante todo o tempo de vida almática, onde o Eu Mente Espírito, manifesta-se em consciência interagindo, revestindo e assistindo as unidades de almas ou almas grupos. – Este processo a Espiritualidade Científica, denominou de “Plasticidade Ontogenética” mecanismo natural que detecta pela suscetibilidade (percepção e apropriação anímica) tudo que necessita do meio ambiente para sustentabilidade vital.

      Todo Reino Celular usa esse processo Divino e perfeito, ou seja, a “Neurogênese do desenvolvimento que explica a vida a partir do surgimento do embrião.

Ir para a parte 2

Um beijo no coração e muita Paz.

DILMAR DUTRA (médium científico).