“O QUE OS CEREBROS NÃO PODEM FAZER”


Imprimir 

Postado em 11.10.2011.

Fonte: Revelação Espiritual: Jesus Cristo e outros espíritos em comunicação.

Relatando revelação: Dilmar Dutra – Biomédium autodidata em ciências integrais em perfeita sintonia com as ciências espirituais ecumênicas e universalistas que interagem com esse escritor mediúnico espiritual e científico.

Segundo meu Ícone de Referencia Espiritual, Moral e Intelectual: “JESUS CRISTO”. Existe hoje na Mídia Internacional, várias opiniões materialistas, com discursos retóricos, completamente fora da realidade Espiritual das Ciências Integrais e Universalista, contidos no Campo Unificado (Akáshico), para uma interação (terminologia correta) atribuindo ao cérebro, como se fosse uma exclusividade apenas dos cérebros humanos, (do sistema morfogenético), exclusividade equivocada, incongruente, sem lógica e inconsistente ao chamar esta responsabilidade de Abstração Espiritual (Mente Psique, Pensamento, Semiconsciência e Consciência, apenas para Seres humanos). Uma conclusão materialista equivocada. Todos os órgãos dos Sistemas Vivos a partir das células procarióticas e Eucarióticas, já apresentam interações com a “MENTE PSIQUE ESPÍRITO”, gerador de Consciências em GRAUS, para cada espécie da Diversidade Celular e Molecular. Todos os Seres Vivos, com cérebros e sem cérebros, são Seres Espirituais e Materiais e são mais Meio Ambiente, do que Genômicos. Quaisquer que sejam as colocações fora desta condição primeva. É viajar na maionese, é elucubração, é desconhecer a “GÊNESE FISICOBIOQUIMICA” da Vida.

O cérebro é um órgão corporal que interage com a Mente. E não é “ELE”, um gerador de consciências, muito pelo contrário, “ELE” é Criado pela “MENTE PSIQUE ESPÍRITO”, como um computador do genoma animal, e funciona totalmente dependente do oxigênio em supremacia, consorciado com outros gases atmosféricos em minoria, que sob interação com a “Mente Psique Espiritual, que não tem uma localização exata no meio ambiente morfogenético, e que é um Campo de Informação e Inteligência que dirige tudo dentro de si. Todos os corpos: inorgânicos e orgânicos e “microcampos nanônicos e energéticos, ou eletromagnéticos” sob forma quântica. Está contido, no Campo da “Mente Psique Espírito, que é Taquiônico, cuja velocidade e potencialidade é 27 vezes maior, que a velocidade da luz. Poderíamos dizer que é a velocidade da expansão, que é revelada pela luz, está num tempo proporcional de 27 vezes, mais lenta, que a velocidade da expansão. Diferente da velocidade Taquiônica de expansão, como, por exemplo: A velocidade que tem o pensamento ao interagir com os sistemas anaeróbicos, donde outros gases atmosféricos estão em supremacia, que estabeleceu, e estabelece ainda hoje, as semiconsciências.

É necessário que abordemos uma condição primeva que precedeu o surgimento por criação divina dos sistemas procarióticos e eucarióticos, não podemos afirmar uma data precisa, mais podemos por avaliação estimar um tempo, entre 3.5 bilhões de anos e 3.2 bilhões de anos, um período de grande transformação e adaptação dos sistemas anaeróbios e aeróbicos, no surgimento de gases atmosféricos, por produção microbiana, até que aconteceu a supremacia do oxigênio, nesse consorcio de gases atmosféricos produzidos por extremófilos e cianobactérias. Ferramentas vivas e “Arquitetos Divinos” (Os primeiros Anjos Microbianos, enviados ao nosso Planeta pelos deslocamentos de poeira estrelar enviados e depositados aqui no Planeta para que construíssem esse alicerce perpetuado da criação e surgimento de plânctons alimento do consorcio inorgânico e orgânico primevo como base da Cadeia Alimentar).

Só a partir desse processo evolutivo que os micróbios implantaram a vida como a conhecemos hoje, com a produção orgânica do oxigênio, alem de todos os outros orgânicos, e o oxigênio passou a ter supremacia no consórcio, da cadeia anaeróbica e aeróbica, “Almática Retroalimentar de Transformação e Adaptação de forma dirigida pelo sistema “DEUS”, ou “DIVINO ESPÍRITO ÚNICO SUPREMO” que criou e adaptou já num consórcio, onde a supremacia mudou de anaeróbico, para aeróbico, e o oxigênio ampliando a Cadeia Multidimensional Almática Alimentar, via supremacia do oxigênio perpetuando o orgânico, como alimento da vida, num consórcio “inorgânico na ordem de 71%, e de orgânico na ordem de 29%, contido no campo morfogenético de nascimento, vida, morte, e extinção, numa condição onde o alimento manifestado na (morte), alimenta a (vida), num modo continuo, ao interagir e captar informações via engolfamento, respiração, saciação, mastigação, digestão e excreção: Exemplo A salada de hoje é o excremento (coco) de ontem.

Ocasião da criação do cérebro pela MENTE PSIQUE ESPIRITO, gerador de Consciência ao conduzir uma interação primeva das células e sua produção polipeptídios adaptando uma parte deles, em neuropeptídios em perfeita sintonia com as células da Glia, bem como, com as moléculas de “Trifosfato de Adenosina e Proteína” alem de outras “moléculas que atuam no Campo de Influência, entre órgãos do Corpo e do Campo morfogenético”, onde está localizada a “MENTE PSIQUE ESPÍRITO”, passando assim pela alimentação de gases atmosféricos, com supremacia do oxigênio, sob interação com todos os sistemas vivos, e o cérebro, como quaisquer outros órgãos, dos corpos dos sistemas vivos, não possuem exclusividade para gerar consciências, pensamentos, psiques, eles sofrem interações, porque os corpos são criados, e dependentes totais, dos campos morfogenéticos, dentro dos “Planetas Fisicobioquímicos” existentes nos Multiversos Quânticos, completamente contidos e dirigidos pelo “Metaverso Absoluto e Geométrico” que vai do micro ao macro e que produzem imagens com resoluções menores que o comprimento de onda da luz. E com resolução maior, quer todas as dimensões Taquiônicas, cujo tamanho é inimaginável. Mas que pode ser sentido e percebido, pela plasticidade morfogenética, melhorada pela Abstração Espiritual manifestada pela Apometria Geométrica Taquiônica, que pode ver além da luz, além das ciências integrais, usando a imaginação, a inteligência e a inspiração, e fazer insubsistir, pela arte de viver, todos os dogmas engessados, petrificados na contra mão da realidade espiritual.

A Imaginação é uma Faculdade Mental Psíquica, mais importante do que o conhecimento que pode estar engessado, petrificado e dogmatizado, esta Faculdade possibilita a sensação, o sentimento, o medo bipolar e amor neutro e imparcial que é o único elo capaz de unir as civilizações Planetárias, alem de ser um Sentimento Taquiônico, cujo PODER manifesta sob doações, condições de multiplicações de forma natural e espontânea. A imaginação é a fonte de projetos e criações de todos os sistemas vivos sob influência da MENTE PSIQUE ESPÍRITO, de vida que conhecemos e não vida que não conhecemos, com condições sensitivas não local, sob interação do campo com os corpos locais, via alimentação, saciação na condição primeva de ebulição, na condição secundária de fermentação, e na condição terciaria de respiração, com transformação, adaptação, totalmente dependente e refém do meio ambiente, a partir da autoiluminação psíquica e analítica, do “EU MENTE PSIQUE ESPIRITO” gerador de consciência por grau, independentes de espécies da diversidade Planetária.

Os cérebros são partes dos corpos, criados relativamente a pouco tempo, se considerarmos a vida como um todo, ou seja, muito recentes no processo de vida, idealizados pela “Mente Primeva” que não precisa se alimentar de gases atmosféricos.

Ela é a geradora de Tudo no Todo. O grande pensamento do Criador, onde tudo esta contido no Todo Criador. Aleatoriedade, replicação, fora do processo gestor e Divino é um defeito da célula, ou uma replicação induzida pela carência de substâncias ou excessos de outras que comprometem o código espontâneo perpetuado na Cadeia de nascimento, vida, morte e extinção na desativação do código genético. O resultado desta replicação pode gerar aberrações híbridas fadadas a extinções.

Um forte abraço e beijos nos corações

Dilmar Dutra e Marlene Daltro

Parceiros nos estudos sistematizados e no site www.dilmardutra.com.br