“O verbo Divino AMOR, se manifestou entre a VIDA e a MORTE”.


Imprimir 


Por Dilmar Dutra Biomédium Brasileiro e parcerias.

E O verbo Divino AMOR, se manifestou entre a VIDA e a MORTE. Assim VID/amor/TE.

O Tempo de verbo: EU, TU, ELE, NÓS, VÓS, ELES, se manifesta interagindo por fragmentações e partículas do AMOR em CONSCIÊNCIAS ESPIRITUAIS, rotuladas por humanos de “ESPÍRITOS”, sempre na 1ª. Pessoa. “EU” – Exemplo: “DeuS”, Afastando o “D” de DIVERSIDADE E O “S” Simbiose ou Sistema, teremos “EU” onde o “E” significa Espécies e o “U” significa Unicelularidade, com outros códigos, além desses, de Impermanência e extinção para não permitir a permanência do CAOS face comprometer a ORDEM DIVINA.

Quer saber mais? Visite nossa pagina no FACEBOOK, ou nosso site www.dilmardutra.com.br