Você sabe a Diferença da Essência para a Existência?


Imprimir 

Por Dilmar Dutra:
Postado em 08.12.2012.
Você sabe a Diferença da Essência para a Existência?
Fonte: Espiritual, a Essência Holográfica.

A essência é Imaterial, extrafísica, geradora de informações primárias pela Mente Psique Espírito, sem localização exata no TODO, por ser o próprio TODO, que só cria dentro de si, como um Sistema cultivado como Campo Criador de Corpos e de Leis Divinas e demais criações. Essa essência é permanente eterna e infinita, se manifesta pela verdade única holográfica, que não produz espelho, sobras e miragens, ou seja, é LUZ que se manifesta em Esperma Divino da Criação, de princípio masculino, sob as citadas manifestações, Taquiônicas, que cria a matéria almática molecular de água, como outras moléculas nela diluídas, que interagem entre si, como útero Quântico de princípio feminino, para conceber e procriar, sempre na condição de ORDEM DIVINA, com códigos Inteligentes induzidos ou dirigidos, onde o “EU DIVINO” integra, inclui e complementa pelo” EU AMOR”, como “ELO ÚNICO”.

Já a existência é material, física, que sob interação, captação e cognição pela Consciência Espiritual, chamada de “Espírito”, estabelece via alimentação, saciação, respiração, fogocitação e sentidos, bem como, demais códigos inseridos nas corporificações, para a existência da matéria quimiofisicabiológica de vida impermanente e ciclal, manifestada pelo consorcio de inorgânicos e orgânicos. E também, do aspecto unitário resultante dos fragmentos não vivos, chamados de inorgânicos. Esses aspectos de matéria proveniente da mesma condição, em estados apenas diferentes, mais que são a mesma coisa, ou seja, Energia é Matéria Radiante. Matéria é Energia Condensante, e que são usadas pela impermanência, de forma equitativa, sem que uma, se sobreponha a outra, como matéria prima, para criação de forma impermanente, para não dar permanência ao CAOS MATERIAL, na contramão da ORDEM DIVINA, como verdade que liberta o ser corporificado contido e criado pelo CAMPO.

A matéria quanto mais densa, terá um tempo maior, pela condição engessada, ou só inorgânica, para que a luz possa envolver e ilumina-la completamente, livrando-a da escuridão, ou melhor, da ocultação da chamada energia escura, que envolve a matéria e que nada tem de escura. Condição que produz espelho, sombra e miragem de impermanência, ou seja, fora da verdade, que não produz nada disso. Essas mirabolâncias (derivação de miragens) provocam o MEDO uma relação que na matéria Almática de Presas e Predadores, funciona Psicologicamente, ou seja, pelo fragmento da Mente em partículas psiquicas, como um auxiliar do amor, ou seja, sentimento imaterial, que faz a presa fugir do predador, mais ao mesmo tempo, provoca espelhos no “EU EGO MATERIAL” na molécula mãe que na constituição da célula almática, representa 70% de sua constituição existêncial, que alem de excluir, vê o E de EU, como pronome individualizado no singular na contra mão do E de EU que significa o coletivo de Espécies, da mesma forma que o U não significa só ÚNICO, vai alem se multiplicando e mostrando que é matriz unicelular das Espécies, identificada por esta sigla, derivada do TODO, que é um sistema chamado “DEUS” - Divino Espírito Único Singular - E quando afastamos o “D” inicial da sigla “DEUS”, e o “S” final de Singularidade, surge o pronome verbal “EU”, que não significa individualização pessoal, pois o “E” não é só de Espírito, de Energias etc, mais também, de Espécies, como também, o U não significa só Único, mais uma matriz de toda criação chamada de Unicelularidade. Essa relação que vem do Idioma Português que é Universal e muito rico em verbos em pronomes pessoais, e é uma língua criticada como fator da suposta origem perdida, aliais nada foi perdido muito pelo contrário, por sua flexibilidade onde a torção e a plasticidade, só inclui terminologias de outros idiomas, mostra ganhos, desde o aspecto proveniente do LATIM, por isso, é uma língua nova e Universalista e nos possibilita facilitar a compreensão até sob tradução.

Sabemos da existência e resistência de muitos materialistas e incrédulos, ou reducionistas engessados em todos os seguimentos das Culturas Humanas, Mas não existe em nós, a intenção de confrontar absolutamente NADA, só abrimos espaços para asrevelações e informações Espirituais e Cientificas correlacionadas entrer si, numa perfeita sintonia de complementação ecumênica universalista, holográfica e holística, respeitamos todas as diferenças, mais também, não temos o direito de ocultar nada de ninguém, por direitos iguais, todos podem conhecer a gota de conhecimento que conhecemos e todos têm como “EU”, o direito arbitral da decisão e da escolha.

E nós também, respeitamos isso. Mesmo porque, o que eu não sei. É um oceano, mas quero como disse dividir com todos, a gota desse oceano que sei.
Um afetuoso abraço e beijos de luz nos corações e cérebros simbióticos locais iluminados pela Mente Psique Espírito não local.

Namastê Dilmar Dutra e Marlene Chaves Daltro Santos.